Voyager Digital é o pino de boliche mais recente a cair do efeito strike causado pelo colapso Terra

Voyager Digital

Depois da Three Arrows Capital (3AC) a Voyager Digital abre falência no turbulento mercado de criptomoedas

Na semana passada. no dia 02, publicamos um artigo, onde destacava os efeitos do colapso da LunaTerra, seguido do inverno cripto e comparamos como um strike de boliche. Os efeitos em algumas empresas da indústria cripto foi arrasador, levando algumas empresas a falência como a Three Arrows.

Hoje (06) a empresa Voyager Digital divulgou que entrou com pedido de falência na terça-feira no Tribunal de Falências dos EUA para o Distrito Sul de Nova York.

A petição de falência da Voyager Digital ocorre uma semana depois que a empresa congelou saques, negociações e depósitos, pois buscava mais tempo para considerar as opções disponíveis. Desde o início de 2022, as ações da Voyager perderam mais de 98% de seu valor.

Rachaduras Digitais Voyager sob Pressão

De acordo com o documento, os ativos estimados da Voyager estão entre US$ 1 bilhão e US$ 10 bilhões, e seus passivos se enquadram no mesmo espectro. O credor de moeda digital com sede em Toronto, Canadá, tem mais de 100.000 credores.

Os procedimentos de falência do Capítulo 11 interrompem todas as ações civis e permitem que as empresas continuem as operações enquanto preparam estratégias de recuperação.

Stephen Ehrlich, diretor executivo da Voyager, declarou que:

A volatilidade e o contágio prolongados nos mercados de criptomoedas nos últimos meses, bem como o default da Three Arrows Capital, exigem que tomemos medidas imediatas e decisivas… o processo do capítulo 11 fornece um método eficiente e equitativo para maximizar a recuperação.

A Three Arrows, um dos investidores mais proeminentes afetados pela rápida liquidação nos mercados de criptomoedas, está sendo liquidada, de acordo com o que relatamos na semana passada, citando uma fonte com conhecimento da situação.

Desde o pico de US$ 3 trilhões em novembro de 2017, o mercado de criptomoedas caiu para menos de US$ 1 trilhão, com a perda se intensificando em maio após o colapso da Terra, uma criptomoeda multibilionária.

Preços das criptomoedas caem após pedido de falência da Voyager

Em resposta ao arquivamento da Voyager, os preços do Bitcoin e do Ethereum caíram, com o Bitcoin caindo abaixo de US$ 20.000. Como uma parcela significativa dos ativos da Voyager agora deve ser liquidada para pagar suas dívidas, espera-se que a mudança aumente a pressão do mercado.

A Alameda Research, empresa de negociação quantitativa do bilionário Sam Bankman-Fried, ofereceu à Voyager uma linha de crédito de US$ 500 milhões em dinheiro e criptomoedas no mês passado, em um esforço vão para ajudar a empresa em seu período difícil.

A Alameda foi identificada como o principal credor da Voyager no pedido de falência de terça-feira, com um pedido de US$ 75 milhões.

Este strike de falências coincide com a queda de quase 60% no valor dos mercados de criptomoedas este ano. Isso expôs várias empresas a chamadas de margem, que não conseguiram cumprir devido ao declínio nos valores das criptomoedas.

Foto de Washington Leite
Foto de Washington Leite O autor:

Formado em Administração de Empresas, sou entusiasta da tecnologia e fascinado pelo mundo das criptomoedas, me aventuro no mundo do trade, sendo um eterno aluno. Bitcoin: The money of the future

WashingtonLeite_