Warren Buffett: Bitcoin é um dispositivo de apostas e não serve para nada

“…é como uma concha marinha ou algo do tipo”

Não é segredo para os entusiastas do mercado de criptomoedas que Warren Buffett, CEO da Berkshire Hathaway, não é um grande fã do Bitcoin.

O investidor não acredita no ativo e já chegou a dizer que a moeda é uma ilusão, “um delírio que atrai charlatões”.

Recentemente, durante o que pareceu uma pequena coletiva de imprensa, o CEO foi questionado novamente sobre seu posicionamento. Uma repórter da Fox Business perguntou qual era o pensamento de Buffett em relação à nova tendência de alta do Bitcoin e o fato do ativo ter demonstrado certa estabilidade nas últimas semanas.

Em resposta, o CEO afirmou que o Bitcoin funciona como um “dispositivo de apostas”.

“Não se reproduz, não fala com você, não faz nada, é como uma concha marinha ou algo do tipo. E isso não é investimento para mim. É um dispositivo de apostas (…). Houve muita perda envolvida. O Bitcoin não produz nada.”, disse.

Warren citou ainda a limitação de uso da moeda, que atualmente não possui forte presença no comércio.

Falando sobre a tecnologia blockchain, o CEO afirma que “é algo grande” e que não precisa do Bitcoin. Disse ainda que provavelmente possui muitos investimentos que indiretamente impulsionam a tecnologia, entretanto, acrescenta que não pretende entrar neste setor investindo diretamente.

A forte oposição de Buffett a este mercado gerou certo burburinho e chamou a atenção de Changpeng Zhao (CZ), CEO da Binance. Durante uma entrevista, CZ afirmou que Warren possui muito conhecimento sobre investimentos em ações, mas não entende nada sobre criptomoedas e “está cometendo um grande erro”.

Recentemente o WeBitcoin noticiou que Robert Sluymer, estrategista técnico do Fundstrat, declarou que agora é o momento para comprar Bitcoin. De acordo com sua previsão, o ativo irá passar por um rally nas próximas semanas e irá romper a resistência de US$6.000.

Foto de Beatriz Orlandeli
Foto de Beatriz Orlandeli O autor:

Simpatizante das criptomoedas, após cursar Arquitetura e Urbanismo, reavivou um antigo gosto pela escrita e atualmente trabalha como redatora do WeBitcoin.

biaorlandeli