Pesquisas do ano: Bitcoin ultrapassa Coreia do Norte e Eclipse este ano

Para aqueles acostumados com o bitcoin, pode ser difícil perceber o exponencial aumento na popularidade da moeda digital. No entanto, está definitivamente confirmado que 2017 foi o ano do bitcoin. A google disponibilizou seu relatório de pesquisas do ano de 2017, e classifica o bitcoin como a segunda a maior notícia de 2017, atrás somente do furacão Irma. Ambos os eventos foram forças imparáveis este ano, causando estragos em seus respectivas meios.

Bitcoin encobre o eclipse

Antes da google publicar seu relatório de pesquisas do ano, já era evidente que 2017 foi um grande ano para o bitcoin. Analistas têm lutado para entender a ascensão meteórica do bitcoin, tanto do ponto de vista gráfico como do impulso que a moeda virtual atingiu. Na semana passada, por exemplo, o bitcoin ultrapassou o valor de mercado de todas as empresas com exceção de 12 da lista de 500 empresas da S&P e foi a segunda página mais popular do Wikipédia.

Esta semana, tudo se resumiu na confirmação do motor de buscas da google de que 2017 foi o ano do bitcoin. Na categoria de notícias globais, o bitcoin ficou em segundo lugar, acima do tiroteio de Las Vegas, da Coreia norte, e do eclipse solar. Insatisfeito com sua classificação em notícias, o bitcoin também se classificou nas cinco maiores pesquisas da Google de “Como fazer”.

Leia mais: Ethereum atinge maior alta em apenas 24 horas

A moda do ano é o Bitcoin

Mais pessoas procuraram por “como comprar bitcoins” do que por informações sobre como fazer Fidget Spinners ou por maneiras de assistir a luta de Mayweather e McGregor. No entanto, a moeda digital ainda é menos popular que a geleca. “Como fazer óculos para eclipse solar” e “como fazer geleca” ultrapassaram o bitcoin em número de pesquisas.

Os dados de busca da Google permitem que resultados sejam filtrados por país. Nos Estados Unidos, por exemplo, o Bitcoin apareceu em segundo lugar novamente na categoria “O que é…”. Enquanto isso, no Reino Unido, a pesquisa “como comprar o bitcoin” foi a segunda mais popular da página, atrás apenas de “como permanecer jovem”. Quem precisa de juventude quando você tem bitcoins?

De um ponto de vista jornalístico, é difícil imaginar o bitcoin crescer ainda mais em 2018. Se tem algo que 2017 mostrou, entretanto, é que o bitcoin tem a capacidade de impressionar até mesmo os seus apoiadores mais fiéis.

Você acha que bitcoin vai dominar as notícias no ano que vem, ou ele atingiu o seu auge? Comente na seção abaixo!

Fonte: Bitcoin.com