Economista americano diz que criptomoedas são tão centralizadas quanto a Coreia do Norte

“Criptoativos superam Kim Jong-un em relação á desigualdade e centralização” 

Nouriel Roubini, economista americano, afirmou em seu perfil no twitter que a tecnologia das criptomoedas é mais centralizada que a Coreia do Norte.

WeBitcoin: Economista americano diz que criptomoedas são tão centralizadas quanto a Coreia do Norte

Roubini é professor na Universidade de Nova York, e é conhecido como “Dr. Doom”. O apelido veio após @Nouriel ter supostamente previsto a crise de 2008.

Leia mais: Pesquisa: Tamanho dos blocos de Bitcoin podem ser aumentados sem hard fork

De acordo com a mídia, o economista critica repetidamente a existência da descentralização das criptomoedas.

“Descentralização de criptoativos é um mito. É um sistema mais centralizado que a Coreia do Norte: mineradores são centralizados, exchanges são centralizadas, criadores são ditadores centralizados (Buterin é um “ditador vitalício”) “, declarou em seu post.

Roubini chegou a dizer que o coeficiente de desigualdade (medida de distribuição) do Bitcoin é a pior do mundo:

“O coeficiente de desigualdade do BTC é pior que a Coreia do Norte, que possui a pior desigualdade do mundo. Criptoativos superam Kim Jong-un em relação á desigualdade e centralização”

Em maio deste ano, Nouriel classificou o Bitcoin como uma “gigantesca bolha especulativa” que se “alimenta de si mesma”.

De acordo com relatos, no final do ano passado, declarou que o BTC iria de encontro ao seu fim “à medida que mais países estabeleçam regulamentações mais rigorosas baseada na abordagem chinesa”.

Em agosto, Roubini se posicionou contra a tecnologia blockchain. Declarou ainda que a população estava indo bem com o sistema tradicional.

Leia mais: Justin Sun: Tron será 200 vezes mais rápida do que Ethereum

FONTE: COINTELEGRAPH