O que diferencia a Chainlink de outras altcoins no ciclo atual?

Chainlink pode estar passando por uma fase de acumulação

A Chainlink, no momento em que este artigo foi escrito, estava sendo negociada a $ 27,56, abaixo do nível de $ 35 visto no final de fevereiro de 2021. No entanto, continua sendo um momento emocionante para a LINK. Na verdade, pode até ser uma fase de acumulação para Chainlink, especialmente porque sua correlação com Bitcoin foi observada em mais de 71%, com base em dados do Cryptowatch.

Com base em dados históricos, durante as corridas de alta estendidas do Bitcoin, as principais altcoins como e Ethereum e Binance Coin registraram ganhos no número de endereços ativos em suas redes. O mesmo aconteceu com a Chainlink, com dados recentes da Santiment destacando o aumento dos endereços ativos da LINK.

Why Chainlink is on the edge of price breakthrough

Fonte: Twitter

 

Embora haja antecipação de que o preço da Chainlink aumentará exponencialmente no longo prazo, especialmente à medida que a altcoin entra no mercado NFT com NFTs dinâmicos, um aumento imediato no preço só pode ser esperado de sua correlação com o Bitcoin.

A recente queda de quase 10% no preço do Bitcoin, de sua ATH de $ 61.683, levou a uma queda correspondente no preço da Chainlink. Entretanto, logo depois, ambos os ativos ganharam nos gráficos, com a LINK se valorizando também graças à sua correlação com o BTC e a recuperação lenta, mas consistente deste último nos gráficos de preços.

Além disso, ao lado de Litecoin e Polkadot, a Chainlink liderou o rally das altcoins várias vezes no atual ciclo de mercado. Considere isso – a rede oracle da Chainlink hoje suporta um número crescente de aplicativos DeFi, com a mesma chave para o ganho de preço do ativo de 14,9% desde 23 de fevereiro. Embora sim, o preço tenha caído mais de 11% em uma base semanal até o momento, esta pode ser uma oportunidade de compra para traders de varejo abaixo de $ 30.

O que diferencia a Chainlink de outras altcoins no ciclo atual são suas integrações aceleradas, geralmente 10 por semana, e suas credenciais citadas pelo Banco Mundial em um artigo de pesquisa recente. À luz das expectativas associadas ao crescimento de longo prazo da LINK, a faixa de preço atual pode ser apenas o nível de acumulação para investidores interessados.

Além disso, historicamente, os percentis de volatilidade da Chainlink provaram ser um indicador interessante das fases de acumulação, com percentis acima de 70% indicando as fases de distribuição onde o preço aumentou rapidamente. Isso geralmente é seguido por uma correção e um reinício do ciclo. O atual percentil de volatilidade representa a fase de acumulação para a Chainlink, antes de um avanço no preço.

Why Chainlink is on the edge of price breakthrough

Fonte: Tradingview

 

Com base no gráfico em anexo do TradingView, o criptoativo está atualmente em fase de acumulação. Portanto, no curto prazo, o preço deve atingir o nível do final de fevereiro de 2021, antes que ocorra uma correção com base no percentil de volatilidade histórica.

Fonte: AMBCrypto

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader aposentado. Segue firme como entusiasta do Bitcoin e inimigo declarado das pirâmides financeiras.