Paypal está oficialmente fora da Libra do Facebook

Paypal é a primeira empresa a abandonar oficialmente o projeto da Libra

O Paypal encerrou oficialmente sua parceria com o grupo que buscava lançar a criptomoeda do Facebook, Libra. A empresa de pagamento anunciou sua decisão na sexta-feira em um comunicado, mas não revelou por que a decisão foi tomada. A criptomoeda e sua carteira digital, Calibra, haviam sido reveladas pelo Facebook em junho.

Isso ocorre depois que Libra recebeu muitas críticas dos órgãos reguladores, com a França e a Alemanha comprometendo-se a impedi-la da Europa.

O Paypal afirmou que “continuava apoiando as aspirações da Libra”, mas queria se concentrar em seus próprios negócios principais. Em resposta à retirada da empresa, a Libra Association disse que as tentativas de “reconfigurar o sistema financeiro” seriam difíceis.

“O compromisso com essa missão é mais importante para nós do que qualquer outra coisa”, afirmou em comunicado. “É melhor sabermos sobre essa falta de compromisso agora.”

O Paypal foi um dos membros originais da associação, que tem 28 empresas e organizações sem fins lucrativos que ajudam a desenvolver o produto. A gigante dos pagamentos Visa está entre eles, juntamente com o Uber e outras grandes marcas.

O Facebook havia explicado recentemente que as pessoas seriam capazes de usar a moeda para efetuar pagamentos em seus aplicativos e que as empresas parceiras aceitariam a Libra para transações.

De mais de um lado foi possível perceber preocupações quanto à proteção de dados e potencial de volatilidade da moeda. Os chefes de bancos centrais, incluindo Mark Carney, do Banco da Inglaterra, também expressaram ceticismo, enquanto o presidente dos EUA, Donald Trump, disse que “não é fã” da moeda.

A primeira reunião do corpo diretivo da associação, o Conselho Libra, será no dia 14 de outubro, com atualizações a serem seguidas logo depois.

O grupo afirmou que até agora, “1.500 entidades que demonstraram interesse entusiasmado em participar”.

*Imagem de: Felix Mittermeier por Pixabay

Fonte: Citya.M.

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader desde 2017. Aficionado por tecnologia e entusiasta das criptomoedas, viu no WeBitcoin a oportunidade de unir duas paixões.