News

Rússia encontra melhor lugar para mineração cripto

por Rodrigo Camilo

14/11/2017 - 12:18 pm

A associação russa de blockchain e criptomoedas realizou um estudo para determinar a melhor localização para mineração de criptomoedas no país. O lugar encontrado é um grande centro de transporte e distribuição e também um hub de trânsito com eletricidade barata. No momento, existem pouquíssimas atividades de mineração cripto nessa área.

Melhor localização para mineração cripto

De acordo com noticiários locais, a associação russa de blockchain e criptomoedas (RACIB) realizou um estudo sobre a atratividade das regiões da Rússia para a mineração de criptomoedas. Esta associação foi formada para unir participantes do blockchain, bem como os proprietários, os mineradores, e os investidores de criptomoedas e de ofertas iniciais de moeda (ICOs). Sua formação foi anunciada em agosto pelo conselheiro em questões de internet do Presidente Vladimir Putin, Herman Klimenko. O presidente da associação, Yuri Pripachkin, disse ao RBC que:

“A associação comparou as regiões por meio de parâmetros tais como o custo da eletricidade, a disponibilidade de capacidades de reserva livres, a acessibilidade logística e o desenvolvimento da infraestrutura de telecomunicações.”

De acordo com os dados obtidos, o território de Krasnoyarsk atinge a melhor pontuação. Krasnoyarsk é o maior território da federação russa e a segunda maior subdivisão russa. Sua área abrange 2.339.700 quilômetros quadrados. Seu centro administrativo é a cidade de Krasnoyarsk, a terceira maior cidade na Sibéria com uma população de aproximadamente 1 milhão de habitantes.

Leia mais: Japão dá uma lição em regulamentação de criptomoedas

Território de Krasnoyarsk – Melhor área

Cidade de Krasnoyarsk.

“O custo da eletricidade nessa região é de 2,41 rublos (moeda russa) por kW/h”, equivalente à 14 centavos de real. Apesar desta região ter a melhor pontuação geral, ela não tem a eletricidade mais barata. Duas regiões próximas têm eletricidade mais barata: Khakassia (2.01 rublos) e Irkutsk (2.14 rublos).

Em termos de capacidades logísticas e de telecomunicações, três cidades no território de Krasnoyarsk obtiveram mais pontos: Krasnoyarsk, Divnogorsk, e Zheleznogorsk. Além disso, a água do rio Yenisei pode ser usada como um liquido refrigerante para as fazendas de mineração.

Pripachkin explicou que as reservas de energia do território de Krasnoyarsk são de 9.000 MW. Ao citar que a região também é um dos principais centros de distribuição e transporte, bem como um hub de trânsito para o Distrito Federal siberiano, ele explicou:

Apesar das condições favoráveis, quase ninguém está envolvido em mineração no território de Krasnoyarsk. As principais fazendas de mineração na Rússia estão localizadas em Moscou, Leningrado, Novosibirsk, Irkutsk, Sverdlovsk, Tomsk, Chelyabinsk e Tartaristão.

Outros lugares com condições de mineração favoráveis, de acordo com a pesquisa de RACIB, incluem a cidade de St. Petersburg, Nizhny Novgorod, Rostov, Samara, Sakhalin, Khanty-Mansiysk e regiões autônomas de Okrug e Tula.

Recentemente, o governador da região de Leninegrado convidou mineradores para instalarem cripto fazendas em seu novo “technopark”. Além disso, o RACIB revelou que na última semana 40 companhias da China e da união européia se candidataram para instalar equipamentos de mineração de bitcoins na Rússia.

Você acha que as condições no território de Krasnoyarsk fazem dele o melhor ponto para a mineração cripto na Rússia? Não deixe de comentar abaixo!

Fonte: Bitcoin.com