Bitcoin valoriza e ultrapassa US$4.000. E agora?

Bitcoin sofre valorização de 3%

Após cair de US$4.207 para US$3.833 no dia 24 de fevereiro (uma desvalorização de quase 9%), o Bitcoin passou por um período de certa estabilidade, variando entre US$3.700 e US$3.970.

Ao longo deste período, analistas e grandes nomes do mercado de cripto fizeram suas previsões. Muitos afirmaram que o ativo estava passando por um período de estabilidade para ganhar força e passar por uma valorização em seguida.

Tal caso ocorreu neste sábado, 16 de março. O Bitcoin começou o dia já em um movimento de alta, negociado a US$3.987, atingindo US$4.000 às 00h39. Ainda na madrugada, o Bitcoin registrou o pico de US$4.077, passando por uma pequena correção logo em seguida. No momento da escrita a moeda é negociada a US$4.045.

WeBitcoin: Bitcoin valoriza e ultrapassa US$4.000. E agora?
Gráfico do valor do Bitcoin nas últimas 24h retirado do CoinMarketCap

Com uma valorização de mais de 2% nas últimas 24h, agora a expectativa é que o ativo ultrapasse o próximo nível de resistência, US$4.200. Muitos acreditam que assim que essa resistência for quebrada, o Bitcoin estará pronto para apresentar tendências de alta a longo prazo.

O medo dos investidores, no entanto, é que a moeda repita a queda do dia 24 de fevereiro e sofra uma correção que coloque o valor abaixo de US$3.900.

As altcoins também registraram grandes ganhos nas últimas 24h. O Ethereum e a Ripple chegaram a valorizar mais de 6% e 2%, respectivamente.

WeBitcoin: Bitcoin valoriza e ultrapassa US$4.000. E agora?
Gráfico do valor do Ethereum nas últimas 24h retidado do CoinMarketCap

Recentemente o WeBitcoin noticiou que o CEO da TRON, Justin Sun, declarou que o Bitcoin é mais uma tecnologia do que uma oportunidade de negócios.

Durante uma entrevista, O criador da Litecoin, Thomas Lee, afirmou que em 2019 o ativo “dará a volta por cima”, mas acrescentou que pode demorar em torno de um semestre para que a moeda retorne ao bull market.

Foto de Beatriz Orlandeli
Foto de Beatriz Orlandeli O autor:

Simpatizante das criptomoedas, após cursar Arquitetura e Urbanismo, reavivou um antigo gosto pela escrita e atualmente trabalha como redatora do WeBitcoin.

biaorlandeli