Bitfinex recupera mais de 6 Bitcoins do hack de 2016

Hoje a Bitfinex anunciou que recuperou 6.51458211 BTC que foi roubado durante um hack em 2016

Em 2019 , 27.66270285 BTC já havia sido recuperado graças a uma investigação realizada pelo governo dos Estados Unidos.

Durante 2020, aqueles que ainda estavam na posse dos ladrões foram movidos várias vezes e é possível que, ao rastrear esses movimentos, eles pudessem eventualmente interceptá-los.

Neste último caso, a recuperação foi realizada graças à cooperação da exchange Poloniex, que detectou o depósito de BTC dos ladrões de 2016 em suas carteiras e conseguiu devolver 6.51458211 BTC à Bitfinex.

Agora, os detentores de Tokens de Direito de Recuperação (RRT) da Bitfinex, receberão os fundos recuperados na proporção do número de RRT detidos, nos próximos dias. Como o preço do BTC no momento da recuperação era de US $ 47.337, um total de aproximadamente US $ 308.000 será devolvido.

No entanto, é preciso dizer que o BTC roubado em 2016 foi de 120.000, portanto, apenas uma pequena parte foi recuperada até agora. No entanto, naquela época o preço do BTC girava em torno de US $ 550, então seu valor total girava em torno de US $ 66 milhões.

A Bitfinex tem cooperado com a aplicação da lei desde 2016, fornecendo informações úteis para a investigação e continuará a trabalhar em conjunto para tentar recuperar o BTC restante.

Após o roubo, a exchange optou por distribuir as perdas por todas as contas, creditando tokens BFX na proporção de 1: 1 para cada dólar perdido. No prazo de oito meses após o roubo, todos os detentores de tokens BFX tiveram seus tokens resgatados por 100 centavos de dólar ou trocados por ações da iFinex.

Todos os tokens BFX foram destruídos durante esse processo. A Bitfinex então criou um token RRT negociável e o distribuiu aos detentores de BFX que, converteram os tokens BFX em ações iFinex. A propriedade de tokens RRT dá ao titular o direito de receber reembolsos devido à recuperação de BTC roubado.

Assim, os titulares de RRT recebem até US $ 1 por token RRT em caso de recuperação de fundos roubados.

O CTO da Bitfinex, Paolo Ardoino, disse:

“Continuamos comprometidos em recuperar o bitcoin restante roubado no hack de 2016, e trabalharemos proativamente com todas as partes relevantes e agências de aplicação da lei. Os responsáveis ​​devem saber que, não descansaremos até que todo o bitcoin perdido no hack seja recuperado”.

Fonte: Cryptonomist

Foto de Neidson Soares
Foto de Neidson Soares O autor:

Conheceu esse universo dos criptoativos em 2016 e desde 2017 vem intensificando a busca por conhecimentos na área. Hoje trabalha juntamente com sua esposa no criptomercado de forma profissional. Bacharelando em Blockchain, Criptomoedas e Finanças na Era Digital.

neidson8