Ethereum Merge pode mudar sentimentos institucionais e atraí-los para o mercado cripto

ethereum

Mesmo em baixa a criptomoeda segundaria, Ethereum (ETH), está sendo visada pelos investidores institucionais

Ethereum (ETH) tem recebido mais atenção recentemente de investidores profissionais. O sentimento geral em torno do token parece estar melhorando mesmo em meio ao mercado de baixa de criptomoedas.

A tendência de queda predominante trouxe uma onda de queda para muitos ativos digitais proeminentes nos últimos meses. Alguns deles perderam mais da metade de seus valores desde 2022. A maioria dos ativos criptos caiu progressivamente em valor dentro de uma semana, e o Ethereum não é exceção. O preço do token também despencou nas negociações de quarta-feira (13).

No momento da edição deste artigo a criptomoeda esta sendo negociada a US$ 1.079, com um ganho percentual no preço de 0,40% nas 24 horas e perda semanal de 8,56%. Dados da Coin Market Cap.

No entanto, Ethereum vê um vislumbre de luz no fim do túnel. A mudança tem uma ligação para o tão esperado lançamento de seu mais recente desenvolvimento, o Merge, que está cada vez mais próximo. A rede vem se preparando para uma atualização marcada como Merge. Seu lançamento transferiria o Blockchain de operar como Prova de Trabalho (PoW) para Prova de Participação (PoS).

A rede está executando teste final de atualização para garantir sua funcionalidade máxima. Se tudo estiver fluindo corretamente, o Ethereum lançará a atualização antes de outubro.

A positividade em torno do Ethereum aumenta

De acordo com o relatório semanal do gestor de fundos CoinShares sobre fluxos de fundos de ativos, há uma melhoria significativa para produtos baseados em Ethereum. O gerente observou que, por três semanas consecutivas, houve entradas positivas para produtos à base da criptomoeda. Como resultado, os fundos da ETH acumularam cerca de US$ 7,6 milhões em investimentos institucionais, o mesmo não ocorreu com o Bitcoin, que teve saídas totalizando US$ 1,7 milhão.

Ao tentar explicar o possível motivo que deu entrada aos fundos Ethereum, a CoinShares apontou para a expectativa da Fusão. Mencionou que houve onze semanas de saídas para os fundos de ativos em 2022. As saídas totais para o ano aumentaram para US$ 460 milhões. Portanto, a mudança repentina no sentimento é um progresso positivo para a criptomoeda Ethereum.

Investidores perdem interesse no BTC conforme o fluxos de fundos curtos ganham volume

Atualmente, as entradas institucionais gerais são de US$ 14,6 milhões. No entanto, cerca de US$ 6,3 milhões vêm de fundos curtos de Bitcoin, o que implica menos confiança na principal criptomoeda global de muitos investidores. Além disso, os fundos dos EUA e entradas de câmbio de aproximadamente US$ 8,2 milhões, embora 76% estivessem em posições vendidas. Isso mostra a mesma porcentagem para a semana que terminou em 8 de julho.

Os fundos baseados em Ethereum tiveram um aumento nas entradas de investidores institucionais a partir do final de junho, na mesma semana, com registros de saídas de até US$ 423 milhões. Notavelmente, os fundos baseados em Bitcoin constituíram a maioria do valor.

O sentimento para com o Ethereum por parte dos investidores institucionais parece não se refletir em seu preço à vista.

Há um debate em andamento no Crypto Twitter se o ETH deve ser categorizado como segurança ou não. Alguns maximalistas do Bitcoin apoiam Michael Saylor, CEO da MicroStrategy, que propõe o ETH como segurança. No entanto, os proponentes do Ethereum, incluindo Vitalik Buterin, cofundador do protocolo, estão se afastando dessa sugestão.

Foto de Washington Leite
Foto de Washington Leite O autor:

Formado em Administração de Empresas, sou entusiasta da tecnologia e fascinado pelo mundo das criptomoedas, me aventuro no mundo do trade, sendo um eterno aluno. Bitcoin: The money of the future

WashingtonLeite_