Ethereum pode voltar para US$ 135 apesar de “abril favorável”

Ethereum está tendo um abril bastante feliz até o momento

Nas últimas duas semanas, a Ethereum subiu 20% nos gráficos, com sua avaliação saltando de US$ 129 para US$ 154.  Após um mês de março catastrófico, a maior altcoin estava mostrando sinais significativos de recuperação, mas uma análise recente indicou que uma pequena reversão de tendência poderia estar a caminho.

Ao observar o gráfico de 12 horas da Ethereum, o período de recuperação desde o colapso de 13 de março é bastante evidente. Depois de cair abaixo de US$ 100 no dia 13, o token violou periodicamente as resistências chave em US$ 109, US$ 123 e US$ 135.

Entre 13 de março e 6 de abril, o movimento de preços da Ethereum abriu caminho para um triângulo ascendente nos gráficos. A linha de tendência superior de US$ 147 foi testada em 20 de março e 2 de abril. O preço continuou a aumentar nesse momento e, em 6 de abril, uma fuga de alta permitiu à Ethereum romper com sucesso uma grande resistência, a US$ 154.

O token também ultrapassou brevemente US$ 168, mas um recuo rápido fez a ETH consolidar entre US$ 168 e US$ 154 na semana passada.

Atualmente, por US$ 156,65, o preço da Ethereum começou a assumir a forma de um triângulo descendente no momento, o que pode ter implicações de baixa. Qualquer recuo de baixa durante a próxima semana pode fazer a Ethereum cair para testar novamente o suporte a US$ 135.

Entretanto, de acordo com o indicador VPVR, o suporte em torno de US$ 135 é significativamente forte. O PoC também foi estendido em US$ 128, indicando uma base forte.

Esses fatores podem sugerir que a Ethereum poderia necessariamente retornar, mais cedo ou mais tarde, aos seus níveis atuais, se uma correção ocorrer nos próximos dias.

A média móvel de 200 continuou a agir como resistência em US$ 170, que deve ser a meta de longo prazo da Ethereum no próximo mês.

Correlação com o Bitcoin

Durante a semana passada, uma ausência de grande movimento de preços também permitiu que a Ethereum reduzisse o domínio do Bitcoin em seu valor. Foi relatado anteriormente que a ETH percebeu que a volatilidade em termos de Bitcoin sofreu uma queda maciça, o que sugeria que a altcoin poderia estar se afastando do Bitcoin no momento.

A ETH foi fortemente correlacionada ao Bitcoin após o colapso de 13 de março, que devastou toda a comunidade quando a Ethereum caiu em mais de 50%.

Fonte: AMB Crypto

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader desde 2017. Aficionado por tecnologia e entusiasta das criptomoedas, viu no WeBitcoin a oportunidade de unir duas paixões.