Microsoft faz movimento no metaverso após a reformulação do Facebook

O Microsoft Teams está adotando o metaverso com avatares 3D e ambientes de reuniões virtuais.

A Microsoft anunciou avatares 3D e ambientes virtuais imersivos para reuniões, por The Verge e outros.

“Fomos atingidos por encontrar o cansaço no mundo virtual”.

Disse Nicole Herskowitz, gerente geral do Microsoft Teams, durante uma entrevista ao The Verge.

“Depois de no máximo 30 ou 40 minutos em uma reunião, era muito difícil permanecer engajada e focada”, acrescentou ela.

A notícia segue a mudança da marca corporativa do Facebook para Meta, um nome que o CEO Mark Zuckerberg disse que explica melhor o que a empresa faz – e pretende fazer.

“Todos os nossos produtos, incluindo nossos aplicativos, agora compartilham uma nova visão: ajudar a dar vida ao metaverso. E agora temos um nome que reflete a amplitude do que fazemos”, disse Zuckerberg.

O campo de batalha do metaverso.

O metaverso é entendido como um universo virtual persistente onde os usuários podem interagir uns com os outros como avatares digitais. Esses ambientes virtuais podem ser usados ​​para interações sociais, jogos ou até mesmo para o trabalho.

E enquanto o Facebook – agora Meta – afirma que está dedicando energia ao futuro da Internet “mais do que qualquer outra empresa no mundo”, a nova abordagem da Microsoft para o time, é um grande passo para os entusiastas do metaverso.

De acordo com o The Verge, a Microsoft usará IA (Inteligencia Artificial), para ouvir a voz de uma pessoa e usar isso para animar seu avatar.

“Somos capazes de interpretar suas pistas vocais para animar aquele avatar, então ele parece presente e parece que está lá com você”, disse Katie Kelly, gerente de produto principal do Microsoft Mesh.

Kelly acrescentou que o novo visual do metaverso do Microsoft Teams estará disponível já no primeiro semestre do próximo ano.

“O objetivo é que, no primeiro semestre do próximo ano, você possa entrar em um espaço envolvente e, então, possa colaborar e usar as ferramentas da Microsoft”, disse ela.

Kelly, por sua vez, está assinando a mesma folha de hinos de Zuckerberg, que adotou um tom otimista na semana passada quando anunciou pela primeira vez a Meta-rebrand do Facebook.

“No metaverso, você será capaz de fazer quase tudo que você possa imaginar – reunir-se com amigos e família, trabalhar, aprender, brincar, fazer compras, criar”.

Disse ele, acrescentando que as pessoas,

“Serão capazes de se teletransportar instantaneamente conforme um holograma para estar no escritório sem deslocamento.”

O que dizer das criptomoedas?

O metaverso tem uma relação próxima com NFTs . Veja, por exemplo, o jogo do metaverso NFT da Ethereum, The Sandbox, que aumentou 244% esta semana em meio à chegada de Meta.

O hype do metaverso teve um grande impacto em outros tokens – não apenas no Sandbox.

Outro exemplo é o token MANA, do metaverso que alimenta o game Decentraland – um jogo popular entre os entusiastas de criptomoedas. MANA aumentou 100% após a reformulação da marca corporativa do Facebook.

 

Fonte: DeCrypt

 

Foto de Neidson Soares
Foto de Neidson Soares O autor:

Conheceu esse universo dos criptoativos em 2016 e desde 2017 vem intensificando a busca por conhecimentos na área. Hoje trabalha juntamente com sua esposa no criptomercado de forma profissional. Bacharelando em Blockchain, Criptomoedas e Finanças na Era Digital.

neidson8