Nomad teve US$ 9 milhões devolvidos pelos Hackers whitehat (chapéu branco)

Contra Capa 2022 08 03T203035.268

Um relatório detalhando revela que o montante dos fundos devolvidos a Nomad, consta que grande parte eram stablecoins

Os hackers da Whitehat devolveram cerca de US$ 9 milhões dos US$ 190 milhões roubados da Nomad Bridge, conforme revelou Peckshield.

De acordo com a empresa de segurança Blockchain, o valor devolvido é de aproximadamente 4,8% da perda total incorrida pela ponte.

Um detalhamento dos fundos devolvidos mostrou que a maioria deles eram stablecoins. Cerca de US$ 2 milhões USDT, US$ 3,8 milhões USDC, US$ 1,2 milhão FRAX e US$ 150.000 DAI foram devolvidos.

Outros tokens que foram retornados incluem SUSHI, WETH, Ethereum ( ETH ) e outros.

A equipe pediu aos hackers de chapéu branco que reembolsassem os fundos para uma carteira designada.

Uma declaração da Nomad também revelou que a empresa estava “trabalhando com a TRM Labs, uma empresa líder de análise/inteligência em cadeia e aplicação da lei para rastrear fundos roubados, identificar carteiras de destinatários e coordenar a devolução de fundos”.

O protocolo de ponte de cripto também revelou que estava trabalhando com a empresa de custódia Anchorage Digital para “aceitar e proteger” os fundos recuperados.

Nomad refuta alegações de ter sido avisado sobre o ataque

A Nomad refutou as alegações de que uma auditoria da Quantstamp havia avisado sobre a possibilidade do hack.

Segundo a equipe, o problema identificado na auditoria não estava relacionado ao hack.

Houve um aumento nas conversas dentro da comunidade cripto de que a equipe do Nomad foi avisada sobre uma vulnerabilidade de segurança em seu código, mas não fez nada a respeito.

Foto de Washington Leite
Foto de Washington Leite O autor:

Formado em Administração de Empresas, sou entusiasta da tecnologia e fascinado pelo mundo das criptomoedas, me aventuro no mundo do trade, sendo um eterno aluno. Bitcoin: The money of the future

WashingtonLeite_