Procura pelas stablecoins teve a maior queda da história

stablecoins

A iniciou em maio com o colapso TerraUSD e está sendo a pior queda trimestral na história das stablecoins

A oferta total de stablecoin contraiu para US$ 151,3 bilhões no segundo trimestre de 2022, uma queda de 18,8% ou US$ 35,1 bilhões em relação ao primeiro trimestre, de acordo com um relatório da Arcane Research.

Esta é a maior queda trimestral na oferta na história das stablecoins, afirma o relatório.

No entanto, a pesquisa, que estudou as 13 maiores stablecoins, mostrou que a oferta de stablecoins aumentou constantemente nos primeiros quatro meses de 2022. Mas a taxa de crescimento anualizada de 50% entre janeiro e abril foi mais lenta do que o crescimento anualizado de 500% nos últimos cinco meses de 2021, afirmou o relatório.

Foi o colapso do TerraUSD (UST), que eliminou US$ 18 bilhões do mercado de stablecoin em semanas, que desencadeou a redução na oferta de stablecoin, de acordo com o relatório.

Entre 16 de maio e 1º de julho, a oferta total de stablecoins caiu 5,4%, ou 35,8% anualizado. A Arcane Research disse que esta é a primeira vez que eles observam um crescimento negativo sustentado da oferta.

A oferta de Tether (USDT), a maior stablecoin por valor de mercado, caiu mais de 15%, já que seu valor de mercado caiu de US$ 78,4 bilhões para US$ 66,3 bilhões no primeiro semestre de 2022, afirmou o relatório.

A Arcane Research disse que a queda na oferta de USDT pode ser atribuída ao colapso do Terra em maio, que fez com que o USDT perdesse sua indexação ao dólar. Além disso, o Tether viu pedidos de resgate crescentes à medida que o mercado se cansou de stablecoins após o Terra.

A pesquisa afirmou que o valor de mercado das stablecoins algorítmicas caiu 77,4%, de US$ 13,3 bilhões para US$ 3 bilhões no primeiro semestre de 2022. O colapso do USTC, que evaporou US$ 9,7 bilhões, foi responsável por cerca de 94,2% da contração do valor de mercado, segundo o relatório.

Isso fez com que o domínio do mercado de stablecoins algorítmicas caísse de 8% para 2% no primeiro semestre de 2022, afirmou o relatório. Isso, por sua vez, abriu caminho para um aumento de 11,9% na participação de mercado de stablecoins lastreadas em fiat, lideradas pelo USDC e BinanceUSD (BUSD), disse a Arcane Research.

Foto de Washington Leite
Foto de Washington Leite O autor:

Formado em Administração de Empresas, sou entusiasta da tecnologia e fascinado pelo mundo das criptomoedas, me aventuro no mundo do trade, sendo um eterno aluno. Bitcoin: The money of the future

WashingtonLeite_