A que pé anda a Ethereum? – Análise rápida ETH

Queda recente na Ethereum invalida um padrão de alta de longo-prazo?

A Ethereum não vem bem nos últimos dias. E não é novidade, o Bitcoin não está indo a lugar nenhum ultimamente. A Ethereum vale uma compra nos níveis atuais, uma venda ou está neutra? Com base no gráfico (parte inferior desse texto), acreditamos que vale uma compra sim, mas queremos ver algumas coisas acontecendo antes de ir colocando nosso dinheiro.

Em primeiro lugar, tenhamos em mente a projeção de que o mercado de criptomoedas será decisivo na próxima semana. Mesmo que demore mais alguns dias, está claro que algo está se formando no mercado cripto. O gráfico de preços do Bitcoin sugere uma grande mudança.

Em segundo lugar, quando se trata de Ethereum especificamente, vemos um fenômeno muito interessante. Ela caiu de volta ao nível de abril de 2019. Pode-se argumentar que a Ethereum é fraca porque o Bitcoin negocia 2,5x acima do seu ponto de fuga em abril de 2019. Embora isso possa parecer verdade, de fato realmente não é. A maioria das altcoins, se não todas, estão no mesmo local.

Em terceiro lugar, quando se trata da tendência dominante e do padrão gráfico, acreditamos que este é um grande teste em andamento. Há muito apoio em torno dos níveis atuais. Com as garantias de suporte, a Ethereum deverá estabelecer um movimento importante nos próximos 6 a 9 meses, mais provavelmente para U$ 550.

ethereum buy sell

Foi o que escrevemos há dois meses: “o que vem a seguir? 510 ou 220 usd … ou ambos com o objetivo mais baixo primeiro, caso o canal ascendente seja quebrado pelo lado negativo”. Agora vemos que nossa meta negativa de 220 USD foi atingida, o que provavelmente implica alguma consolidação antes de prepararmos o próximo movimento ascendente para 510 USD no final do ano ou em 2020.

*Essa análise tem fins unicamente educativos e não se configura uma recomendação de compra ou venda. Invista com inteligência.

Texto adaptado de: Investing Haven

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader aposentado. Segue firme como entusiasta do Bitcoin e inimigo declarado das pirâmides financeiras.