Americanos estão fazendo hipotecas para comprar Bitcoins

De acordo com o regulador de valores mobiliários Joseph Borg, pessoas estão fazendo hipotecas para comprar bitcoins. Juntamente com o uso de cartões de crédito e de empréstimos participativos para obter bitcoins, a possibilidade de investidores de risco ficarem profundamente individados ou possívelmente desabrigados é grande.

Apostando tudo nos Bitcoins

No começo do ano, muitos ouviram sobre “aquele cara no Reddit” que hipotecou sua casa para comprar Bitcoins. Até então, seu investimento perigoso, feito quando o Bitcoin estava na casa dos $3.000 dólares, valeu a pena. No entanto, se Joseph Borg estiver correto, tais casos já não são mais isolados e conforme o valor do bitcoin aumenta, maior é o risco para estes investidores.

Ao falar na CNBC, o experiente regulador de valores mobiliários disse:

“Temos visto hipotecas sendo feitas para comprar bitcoins…Pessoas fazerem cartões de crédito e linhas de capitais. Isto não é algo que alguém com uma renda anual de $100.000 dólares por ano, que tenha uma hipoteca e dois filhos na faculdade deva estar investindo seu dinheiro.”

Como presidente da associação norte-americana de administradores de valores mobiliários e diretor da comissão de valores mobiliários do Alabama, Joseph Borg tem muita experiência no assunto. Mesmo o maior apoiador do bitcoin diria que famílias não devem apostar tudo o que têm em bitcoins.

Leia mais: Lançamento de contratos futuros causa aumento de 20% no preço do bitcoin

Usando crédito barato para comprar bitcoins caros

As hipotecas e os capitais não são os únicos meios que pessoas têm usado para conseguir comprar bitcoins: grandes sites como o Coinbase aceitam pagamentos com cartões de crédito. Contanto que o Bitcoin continue a subir, compradores podem pagar sua dívida de cartão de crédito mensal com os lucros da moeda. Uma correção principal, entretanto, deixaria investidores endividados e passíveis de inadimplência em seus empréstimos.

Você está acompanhando a febre. Em algum momento, farão um nivelamento,” disse Borg no programa Power Lunch da CNBC. “O Bitcoin se mostrou extremamente resiliente este ano, livrando-se facilmente de notícias negativas, tais como a repressão nas exchanges cripto chinesas. No entanto, é possível que um evento global, tal como a legislação vinda dos Estados Unidos ou da Coreia sul possa causar uma queda no preço do bitcoin.”

Os recém-chegados no mercado de bitcoins ainda não passaram por um mercado negativo. Apesar da volatilidade do bitcoin ser muito mais suave do que em seus primeiros dias, a criptomoeda ainda pode sofrer mudanças, e como qualquer ativo, é perfeitamente possível que fracasse. Usuários que hipotecam sua propriedade e conseguem um lucro considerável, se sentirão merecidamente justificados. No entanto, nem todos serão vencedores.

“Eles disseram ‘Apenas Hodl’ (armazene a quantia).” 

Quando o bitcoin surgiu, muitos de seus primeiros apoiadores consideraram a moeda P2P como “uma assassina de bancos”. Seria irônico se a ascensão da moeda digital – e subsequente queda – conseguisse uma parcela dos bancos devido à uma febre abastecida pelo bitcoin.

Você acha que pessoas deveriam arriscar seus bens para comprar bitcoins? Comente na seção abaixo.

Fonte: Bitcoin.com

Foto de Andre Cardoso
Foto de Andre Cardoso O autor:

André , ariano, engenheiro, empreendedor, trader de criptos profissional, palestrante e professor. Adora números, gráficos e aprender coisas novas.

andre.cardoso.btc/