Banco Leumi de Israel quer liberar negociações de criptomoedas em sua plataforma

Leumi

Banco Leumi permitirá que seus clientes comercializem criptoativos como Bitcoin e Ethereum em sua plataforma

De acordo com um relatório da Reuters, Leumi, a maior instituição bancária de Israel, permitirá o comércio de criptomoedas. O primeiro Banco neste país a fornecer a seus usuários acesso a essa classe de ativos nascente, os clientes poderão negociar Bitcoin e Ethereum.

Para fornecer o serviço, o Banco usará sua plataforma digital Pepper Invest. A instituição financeira firmou uma parceria com a Paxos, empresa de blockchain regulamentada com sede nos EUA.

No momento, o cliente do Banco só pode comprar, vender e manter Bitcoin e Ethereum com transações de US$ 15,50, no mínimo. A Reuters citou a seguinte fonte sobre as vantagens adicionais de usar este serviço:

A Pepper coletará impostos de acordo com as diretrizes da Autoridade Tributária de Israel para que os clientes não precisem gerenciar as complexidades fiscais.

O serviço está atualmente pendente de aprovação do regulador israelense. Portanto, o Banco ainda não divulgou uma data oficial de lançamento do produto.

De acordo com o relatório, Leumi está lançando o serviço para remover o atrito do processo de negociação de criptomoedas. Incluindo a necessidade de os usuários baixarem e manterem uma carteira digital.

Isso sugere que os usuários não detêm as chaves privadas de suas criptomoedas e podem estar cedendo muito poder à instituição financeira. O Banco pode determinar quando e por que um usuário pode ter seus fundos bloqueados.

Assim, esse novo serviço parece menos eficiente do que realmente manter Bitcoin e Ethereum em uma carteira digital controlada pelo usuário.

No entanto, o aplicativo Pepper do Banco permitiria que os usuários investissem em ativos digitais e em ações de empresas públicas. Assim como Robinhood, o aplicativo TradeFi US com recursos semelhantes, os usuários podem comprar Apple, Amazon e outras ações.

Foto de Washington Leite
Foto de Washington Leite O autor:

Formado em Administração de Empresas, sou entusiasta da tecnologia e fascinado pelo mundo das criptomoedas, me aventuro no mundo do trade, sendo um eterno aluno.Bitcoin: The money of the future

WashingtonLeite_