Chefe do Banco Central da Costa Rica diz que a criptomoeda não é ilegal e não precisamos de um CBDC

Tokens como bitcoin (BTC) “não são ilegais” no país, diz chefe do banco central da Costa Rica.

Segundo o Deporticos, Rodrigo Cubero, chefe do Banco Central da Costa Rica diz que a criptomoeda não é ilegal e não precisamos de um CBDC:

“Embora o uso [de criptoassets] seja permitido na Costa Rica, as pessoas que desejam adquirir esses ativos o fazem por sua própria conta e risco. É por isso que é importante que qualquer pessoa que decida adquirir este tipo de ativo digital esteja bem informado sobre suas características e os riscos inerentes à [negociação]. ”

Cubero fez questão de ressaltar que os consumidores são livres para investir sem impedimentos, mas não seriam capazes de recorrer a recursos legais no caso de perda de capital causada por “alta volatilidade”.

Anteriormente, o Ministério das Finanças da Costa Rica descartou a possibilidade de permitir que os cidadãos paguem seus impostos usando pagamentos em criptomoedas.

  • Chefe do Banco Central da Costa Rica diz que a criptomoeda não é ilegal e não precisamos de um CBDC.

Cubero parecia contrariar uma tendência global crescente, alegando que não havia necessidade urgente de o banco lançar uma moeda digital do banco central ( CBDC ).

O Presidente afirmou que a mudança não seria “necessária”, uma vez que os principais objectivos dos projectos do CBDC – nomeadamente a inclusão financeira e a disponibilização de pagamentos digitalizados seguros, rápidos e de baixo custo – já eram uma realidade graças ao seu Sistema Nacional de Pagamentos Electrónicos (SINPE) plataforma.

Este último foi desenvolvido pelo banco central, que afirma que o SINPE conectou entidades financeiras e instituições públicas do país por meio de uma rede privada de telecomunicações. O banco central diz que planeja adicionar funcionalidade e atualizar o SINPE para ajudar nos pagamentos e liquidações em moedas cruzadas entre contas fiduciárias e dólares americanos.

Ele também afirmou que o colón estava atualmente se fortalecendo, em grande parte graças aos esforços de digitalização do banco central – um fato que reduziu ainda mais a necessidade de lançar um CDB da Costa Rica.

 

Fonte: CryptoNews

Foto de Neidson Soares
Foto de Neidson Soares O autor:

Conheceu esse universo dos criptoativos em 2016 e desde 2017 vem intensificando a busca por conhecimentos na área. Hoje trabalha juntamente com sua esposa no criptomercado de forma profissional. Bacharelando em Blockchain, Criptomoedas e Finanças na Era Digital.

neidson8