CME lançará opções de Bitcoin no início de 2020

De momento, a CME é a única fornecedora de futuros de Bitcoin nos EUA

Atuante no mercado de derivativos, a CME Group anunciou que oferecerá opções em seus contratos futuros de Bitcoin a partir do primeiro trimestre do próximo ano.

A empresa com sede em Chicago lançou seu produto futuro em dezembro de 2017, ao mesmo tempo que sua rival em Windy City, a Chicago Board Options Exchange (CBOE).

Em seu anúncio na sexta-feira, a CME disse que o lançamento das opções de Bitcoin visa fornecer aos clientes “ferramentas adicionais para precisão e proteção no trade”. O lançamento está pendente de revisão regulatória.

Tim McCourt, chefe global de índice de ações e produtos de investimento alternativo da CME Group, disse:

“Com base no aumento da demanda de clientes e no crescimento robusto em nossos mercados futuros de Bitcoin, acreditamos que o lançamento de opções proporcionará aos nossos clientes flexibilidade adicional para negociar e se proteger do risco com o preço do Bitcoin.

 

Esses novos produtos foram projetados para ajudar instituições e traders profissionais a gerenciar a exposição do Bitcoin ao “spot market” (ou mercado à vista), bem como proteger posições futuras de Bitcoin em uma exchange regulamentada.”

A empresa detalhou que, desde o lançamento de 2017, já viu 20 acordos de vencimento de futuros “bem-sucedidos”, com mais de 3.300 contas individuais negociando os contratos. Cerca de 7.000 contratos futuros de Bitcoin da CME são negociados em média todos os dias, acrescentou a empresa.

Em março de 2019, a CBOE mudou abruptamente de rumo e interrompeu o produto futuro. Isso deixou a CME como a única fornecedora de futuros de Bitcoin nos EUA.

A CME terá um novo rival a partir de segunda-feira, contudo, quando a Intercontinental Exchange e sua subsidiária Bakkt começarem a oferecer um novo produto futuro.

Ao contrário dos contratos de caixa da CME (um contrato de caixa é um acordo financeiro que exige a entrega de uma quantidade específica de capital em uma data predeterminada), a ICE oferecerá um produto liquidado fisicamente, o que significa que os clientes receberão Bitcoin real em vez do equivalente em dinheiro.

Fonte: CoinDesk

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader desde 2017. Aficionado por tecnologia e entusiasta das criptomoedas, viu no WeBitcoin a oportunidade de unir duas paixões.