Exchange OKCoin remove forks do Bitcoin para evitar que novos investidores de varejo sejam enganados

A OKCoin disse que está aberta para revisitar esta decisão se ambas as comunidades “ouvirem o mercado mais amplo e escolherem mudar a marca do Bitcoin em busca de seu próprio caminho”

A exchange de criptomoedas OKCoin anunciou a suspensão dos Bitcoin forks, Bitcoin Cash (BCH) e Bitcoin SV (BSV) a partir de 1º de março, às 19:00 PST.

Nas últimas 24 horas, a exchange registrou pouco menos de $ 70 milhões em volume no Coinmarketcap, dos quais BCH/USD e BSV/USD representaram 0,38% e 0,26%, respectivamente.

Os preços de ambas as moedas digitais não são afetados, com o Bitcoin Cash sendo negociado a $ 738, uma alta de 112% no acumulado do ano, e o Bitcoin SV a $ 250 (ganhos de 52%).

Além desses ativos, outros pares também estão sendo retirados da lista, incluindo ETC/USD, EURS/EUR, BTC/EURS, BCH/EUR e BSV/USD, juntamente com negociação à vista e de margem para BCH/USD.

Os usuários são aconselhados a cancelar os pedidos abertos para esses pares, ou o próprio sistema irá cancelá-los em dois dias úteis. Aqueles que emprestaram do par de margem BCH/USD também devem devolver o valor emprestado antes de 1º de março.

A CEO da exchange, Hong Fang, compartilhou especificamente o motivo por trás da decisão de remover os forks do Bitcoin, que ela disse “não foi fácil”.

Isso ocorre porque, por um lado, a exchange acredita que “devemos deixar nossos clientes tomarem suas próprias decisões” em relação ao investimento em determinados ativos cripto, por outro lado, eles “se sentem muito incomodados com a reivindicação de direitos autorais e ameaça  legal de ações” que Craig Wright, o infame criador autoproclamado do Bitcoin e apoiador do BSV, está travando contra a comunidade de código aberto.

As afirmações de Wright desafiam o ethos do consenso de código aberto, descentralizado e dirigido pela comunidade, que é a base do Bitcoin, disse ela.

Ao permitir a negociação do BSV na plataforma, da qual Wright é uma parte significativa e influente, a exchange corre o risco de apoiar implicitamente um ataque à comunidade de código aberto.

Além disso, com uma nova onda de investidores entrando no mercado cripto em meio ao mercado em alta, o uso indevido da marca Bitcoin para se promover como o ‘verdadeiro Bitcoin’ “pode ser muito enganoso para novos investidores de varejo”.

Fang disse que ficaria feliz em rever sua decisão de remover essas duas criptomoedas se ambas as comunidades “ouvirem o mercado mais amplo e escolherem mudar a marca do Bitcoin em busca de seu próprio caminho”.

Fonte: BTC EG

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader aposentado. Segue firme como entusiasta do Bitcoin e inimigo declarado das pirâmides financeiras.