Governo indiano poderá banir de vez as criptomoedas

Vários departamentos se posicionaram a favor de banir a “venda, compra, e emissão de todos os tipos de criptomoedas.”

O governo indiano mais uma vez está inclinado a banir e regulamentar criptomoedas oficiais.

De acordo com a mídia local, o governo iniciou consultas entre os ministérios sobre um projeto de lei que supostamente foi compartilhado com departamentos importantes do governo, dos quais diversos já se posicionaram a favor do banimento efetivo da “venda, compra, e emissão de todos os tipos de criptomoedas.”

Também foi observado que, visto que os ativos podem ser utilizados para lavar dinheiro, o banimento seria uma medida preventiva contra a prática.

Como parte da revisão, o Ministério de Assuntos Corporativos afirmou que diversas companhias de trade em cripto estavam atuando sob falsos incentivos de retornos massivos, com diversos esquemas Ponzi  para “fraudar investidores ingênuos”.

De fato, a Índia já presenciou diversos crimes relacionados a criptomoedas nos últimos meses.

Em fevereiro a polícia local identificou um residente de Mumbai que aparentemente é responsável por enganar 12 pessoas e acumular US$250.000 em um golpe envolvendo os ativos. Na época, relatórios apontavam que o indivíduo pedia que as vítimas apoiassem uma ICO para a ‘KBC coin’, uma nova criptomoeda. O indiano afirmava que o ativo valia US$0.0056 e iria valer US$1 em março.

A notícia revelada hoje não surpreende, visto que não é a primeira vez que a Índia alega planos para banir ativos digitais. De fato, o governo estava buscando criar uma estrutura legal para proibir o uso de criptomoedas, ao passo que promovia experimentos com a tecnologia descentralizada ledger, em outubro de 2018.

É provável que a situação se arraste, apesar de que uma lei final, baseada em feedbacks, será proposta ao novo governo, que se encarregará após as eleições do próximo mês.

FONTE: THE NEXT WEB

Foto de Beatriz Orlandeli
Foto de Beatriz Orlandeli O autor:

Simpatizante das criptomoedas, após cursar Arquitetura e Urbanismo, reavivou um antigo gosto pela escrita e atualmente trabalha como redatora do WeBitcoin.

biaorlandeli