Grayscale Investments agora controla quase 3% do suprimento atual de Bitcoin

Grayscale já se tornou uma das maiores baleias do Bitcoin

A Grayscale parece ter dominado a arte da aquisição de Bitcoin e criptomoedas em um período muito curto. A empresa de investimentos agora possui quase 3% do fornecimento mundial de Bitcoin. O analista e trader de Bitcoin MoonCarl destacou isso em um tweet, onde observou que a Grayscale , pela quarta vez neste ano, comprou um grande número de Bitcoins.

Esta compra de 506.000 Bitcoins, que valem $ 8,4 bilhões no momento da publicação, quando adicionada ao portfólio já existente da empresa, torna Grayscale uma das maiores baleias institucionais com uma das maiores participações de Bitcoin em 2020. O suprimento atual de Bitcoin circulando de acordo com dados do Coinmarketcap é de 18.538.368 BTC, pelas taxas de mercado de hoje, está em incríveis $ 309.772.421.606,40, e perto de 3% desse dinheiro está agora na plataforma de investimento Grayscale.

Imagem

Como de costume, Grayscale recebeu seu quinhão de críticas da sempre audível comunidade do Bitcoin. Essa nova compra amplifica o fato de que a pressão de compra está em alta. Digamos que as baleias institucionais sigam os passos da Grayscale, $ 20.000 podem ser obtidos a qualquer momento a partir de agora.

Por outro lado, existem FUDs em torno de instituições comoca Grayscale adquirindo tanto Bitcoin em um momento em que a demanda é ridiculamente alta. Mesmo que não haja liquidez suficiente para permitir que a Grayscale despeje tal quantidade de Bitcoin no mercado, os espectadores não estão esquecendo o fato de que o controle de preços agora está ao seu alcance, e a opção de despejar Bitcoin quando vantajoso pode ser considerada por esta empresa.

A MicroStrategy comprou Bitcoin em diferentes ocasiões este ano e desde então tornou os valores de sua empresa flexíveis o suficiente para manter o ativo digital. Desde o aumento da aquisição de Bitcoin pela empresa, os retornos da MicroStrategy têm sido impressionantemente lucrativos e seu CEO Michael Saylor permanece vocal sobre suas opiniões sobre o Bitcoin, que em sua maioria grita maximalismo.

Enquanto isso, o medo de investidores institucionais manipulando os preços à vontade é compartilhado pela maioria dos bitcoiners, e analistas reafirmaram que uma dessas táticas de controle inclui a criação constante de exageros na mídia para influenciar as decisões de preços por essas instituições a qualquer momento.

Contrariamente a isso, existe a crença compartilhada de que alguns recém-chegados não querem praticar a autocustódia e, como nem todos querem ser responsáveis ​​por seu dinheiro, empresas como Grayscale, Cashapp, Paypal e Square tornam o processo de possuir e negociar Bitcoin menos complicado.

O futuro do Bitcoin, conforme observado acima, já é otimista para 2021, mas com a rápida propagação do Bitcoin entre órgãos institucionais, o ano pode apresentar ao mercado mais rallys negativos do que se poderia especular.

Fonte: ZyCrypto

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader aposentado. Segue firme como entusiasta do Bitcoin e inimigo declarado das pirâmides financeiras.