Melhores altcoins de 2022 até o presente momento (06/07)

Melhores altcoins de 2022 até o presente momento (06/07)

Vistas como uma “fábrica de riquezas” para muitos na comunidade cripto, a maior parte das altcoins seguiu o desempenho do Bitcoin em um forte mercado de baixa.

“Nem só de Bitcoin viverá o homem”, dizia o profeta da diversificação de portfólio. Nesse post veremos quais altcoins apresentaram melhores desempenhos no ano de 2022. A lista será baseada nas 100 principais criptomoedas por valor de mercado listadas no site CoinMarketCap.

*Essa análise sobre as melhores altcoins irá desconsiderar as stablecoins por conta de suas flutuações de preço quase inexistentes.

1# – STEPN (GMT)

Atualmente na 67ª posição no ranking das criptomoedas, o token STEPN (GMT) subiu assustadores 540% desde seu lançamento em março desse ano. Sua ATH ocorreu em 28 de abril, quando a moeda ultrapassou US$ 4 por unidade. Apenas para fins de curiosidade, em seu auge a moeda ofereceu ganhos de até 2586.66% em relação ao seu preço de lançamento.

STEPN é um “aplicativo de estilo de vida Web3” autodenominado com elementos GameFi na blockchain Solana. Ele combina aspectos de um jogo play-to-earn com um aplicativo de condicionamento físico para criar uma nova categoria denominada “move-to-earn”. Os usuários compram tênis NFT, que podem usar para ganhar dinheiro no jogo enquanto caminham ou correm.

2# – UNUS SED LEO (LEO)

Atualmente ocupando a 15ª colocação no ranking do CoinMarketCap, a LEO é o segundo grande destaque entre as altcoins do top 100.

Diferente de todas as demais moedas que ainda serão apresentadas nessa lista, a LEO está no positivo. Mais do que isso, a LEO entregou apenas nos últimos 30 dias uma valorização de 15.41%. No ano já são impressionantes 52.98% de ganhos, fazendo sorrir seus holders e desenvolvedores.

3# – Pax Gold (PAXG)

Diferente da maioria das altcoins, Pax Gold (PAXG) é uma criptomoeda lastreada em ouro, lançada pelos criadores do Paxos Standard (PAX) em setembro de 2019. Como um token ERC-20 operando na blockchain Ethereum, o Pax Gold é negociável em uma grande variedade de exchanges e tem se tornado uma maneira acessível para os traders começarem a investir em ouro.

Como está atrelada ao ouro, seu preço obviamente segue o do metal precioso. O PAXG apresenta perdas de 4.98% no ano.

4# – TRON (TRX)

Na quarta posição dessa lista está uma das moedas mais clássicas (e controversas) do meio cripto. O TRX figurou o top 10 cripto por muito tempo, mas atualmente ocupa a 13ª posição no ranking.

Os fieis seguidores da TRON estão no vermelho em 2022, mas os 12.18% de desvalorização do TRX no ano não são exatamente desesperadores.

5# – Ape Coin (APE)

Fechando a nossa lista das melhores altcoins está a ApeCoin, também conhecida como a criptomoeda dos “Bored Apes”.

De modo mais técnico, temos que a ApeCoin é um token de governança e utilidade ERC-20 usado no Ecossistema APE para capacitar e incentivar uma construção de comunidade descentralizada na vanguarda da web3.

A APE apresenta perdas de 34.21% no ano. Entretanto, é importante ressaltar que esse número deve ser observado dentro do contexto de queda do mercado cripto, não implicando necessariamente em um mal desempenho individual da APE.

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader aposentado. Segue firme como entusiasta do Bitcoin e inimigo declarado das pirâmides financeiras.