Microsoft revela novas ferramentas de blockchain para a Azure

A Microsoft anunciou o Azure Blockchain Workbench hoje, lançando um novo conjunto de ferramentas para desenvolvedores que trabalham com tecnologia de registros distribuídos.

Leia mais: Stephen Curry, astro da NBA, fecha acordo para lançar seus próprios CryptoKitties

O Workbench fornece bases para uma aplicação em blockchain end-to-end, que pode ser estabelecida com apenas alguns cliques simples, segundo o anúncio. De forma simplificada, a Microsoft está tentando agilizar o método através do qual as companhias e suas equipes de desenvolvimento desenvolvem aplicativos sobre blockchains baseados em Azure.

“Hoje, nós estamos ansiosos em anunciar o lançamento prévio ao público do Azure Blockchain Workbench, um novo serviço que pode reduzir o tempo de desenvolvimento de um aplicativo de meses para dias,” escreveu o gerente geral da Azure, Matthew Kerner, um uma postagem publicada hoje.

Kerner acrescentou:

“O Workbench faz com que nossos clientes comecem a automatizar rapidamente os padrões de infraestrutura, de forma que os desenvolvedores possam focar na lógica da aplicação, e os próprietários de negócios possam focar em definir e validar seus casos de uso.”

Leia mais: 600 equipamentos de mineração roubados na Islândia podem estar na China

Alguns dos parceiros da companhia já tiraram vantagem do Workbench, a Microsoft anunciou, incluindo o banco israelense Hapoalim, a distribuidora da alimentos Nestlé e a desenvolvedora de softwares Apttus.

A ação é a mais recente do gigante da tecnologia, que firmou muitas parcerias focadas em blockchain nos últimos meses.

A companhia está trabalhando com a Hyperledger, com a ONU, com o consórcio de pesquisa R$ e com o Grupo de Pesquisa da Universidade de Cornell, a fim de estudar diferentes aspectos da tecnologia blockchain.

Além destes esforços, a Microsoft mostrou interesse na tecnologia para fins de identificação digital.

Leia mais: Bitcoin volta a ficar em US$9300, mercado perde US$20 bilhões em capitalização

Fonte: CoinDesk