Pelo segundo dia consecutivo, o preço do Bitcoin registrou quedas, refletindo negativamente as novas políticas restritivas de negociação de criptomoedas da Coreia do Sul que entraram em vigor.

Conforme já relatado, a Coreia do Sul recentemente adotou novas regulamentações para controlar os mercados aquecidos do país. A partir de hoje, investidores não poderão mais negociar anonimamente, suas contas virtuais deverão ser vinculadas com suas contas bancárias de nome verdadeiro. Comerciantes estrangeiros também estão proibidos de acessar tais mercados.

As novas regras parecem ter causado uma diminuição geral nos preços das criptomoedas, mas exchanges locais e muitos analistas acreditam que isso fortalecerá o ecossistema a longo prazo.

Capitalização de mercado total

Na terça-feira — se ligado às novas regras da Coreia do Sul ou não — a capitalização de mercado cripto diminuiu em um pouco mais de cinco por cento para $536 bilhões de dólares, regredindo ainda mais os preços do mercado.

Bitcoin abaixo de $11.000 dólares

Em grande parte, o preço do Bitcoin acompanhou o índice para o dia, registrando um pouco menos de seis por cento de queda para $10.526 dólares na Bitfinex. O Bitcoin tem agora uma capitalização de mercado de $179.6 bilhões de dólares, o que mantém sua parcela de mercado um pouco acima de 33 por cento.

Gráfico de preços do Bitcoin

No entanto, apesar deste declínio, houve pelo menos dois anúncios importantes da Coreia do Sul que devem influenciar o bitcoin positivamente a longo prazo.

Primeiro, a gigante da indústria de tecnologia, Samsung, confirmou que está fabricando chips ASIC para uma fabricante de equipamentos de mineração, o que poderá, mais cedo ou mais tarde, levar a uma diversificação da indústria de mineração.

Segundo, a gigante do e-commerce, WeMakePrice, passou a aceitar pagamentos em criptomoedas, uma ação que deve ajudar ainda mais na aceitação de criptomoedas no país.

Leia mais: Samsung começa a fabricar chips ASIC para equipamentos de mineração de Bitcoins

Ethereum mantém preço acima de $1,100 dólares

Enquanto isso, o preço do Ethereum, ultrapassou o índice em aproximadamente um por cento, no entanto, a moeda ainda registrou 4% de queda. Até o momento, o Ethereum está negociando por $1.134 dólares na Bitfinex, o que equivale a uma capitalização de mercado de $111.5 bilhões de dólares. Por equanto, o preço do Ethereum tem conseguido se manter acima de $1.100 dólares, mas pode perder esta batalha se a correção se tornar mais forte.

Gráficos de preços do Ethereum

Preços de altcoins apresentam fortes quedas

Uma variedade de altcoins menores foram capazes de ultrapassar o índice e em alguns casos alacançar o dólar, mas a maioria dos importantes altcoins não alcançaram o índice de desempenho diário.

O preço do Ripple caiu em oito por cento para $1.19 dólar, diminuindo a capitalização de mercado do XRP para $45.6 bilhões de dólares. O Bitcoin Cash diminuiu em cerca de cinco por cento e, além disso, o recuo de nove por cento do Cardano colocou sua moeda, ADA, entre o grupo das piores performances pelo segundo dia consecutivo. O preço do EOS caiu em oito por cento, e o NEO registrou a melhor performance dentre as 10 maiores criptomoedas, com 4% de queda.

O Litecoin, entretanto, resistiu a uma correção de cinco por cento, mas conseguiu recuperar a oitava posição da Stellar, cuja queda de 10 por cento foi a pior entre os principais altcoins. O NEM, ainda se recuperando do hack de $530 milhões na CoinCheck, caiu em oito por cento para $0.87 para completar as 10 maiores.

Fonte: CCN.com