A Libra é uma ameaça para outras criptomoedas? Vitalik Buterin acredita que não

Criador do Ethereum não enxerga a Libra como uma competição

Como noticiado anteriormente pelo WeBitcoin, o Facebook possui planos para lançar a Libra, sua própria criptomoeda.

O ativo, que meses antes do lançamento já impacta o mercado, é visto por muitos como o foco que trará visibilidade e adoção ao setor, visto que será disponibilizado para todos os usuários do Facebook e Whatsapp com a mesma facilidade que enviamos uma mensagem.

Com um amplo cenário de uso potencial, a moeda é apontada como o ponto final de muitas altcoins, ou até mesmo do próprio Bitcoin. Indo ainda mais longe, Max Keiser, cofundador da Heisenberg Capital, afirmou que o ativo será o “apocalipse” das altcoins.

No entanto, desde a liberação do seu white paper, a Libra recebeu diversas críticas, passando a ser encarada com outros olhos por grandes figuras do mercado.

Comentando sobre a moeda em seu perfil no Twitter, Vitalik Buterin (criador do Ethereum) declarou que a Libra não é uma competição para as outras criptomoedas.

https://twitter.com/VitalikButerin/status/1146024371774877696

Eu acredito que um dos benefícios dos criptoativos que será difícil de substituir é a sensação de não ser totalmente e completamente “propriedade” do sistema.

O comentário faz alusão a uma preocupação revelada por muitos investidores, que pelos antecedentes do Facebook, temem a ocorrência de venda de informações e se atentam a possíveis casos de manipulação.

As críticas são realizadas tanto por entusiastas, quanto opositores do setor.

Anteriormente o WeBitcoin noticiou que Nouriel Roubini, também conhecido como Dr Doom, acredita que a Libra é um sistema de monopólio “para atrair a massificação de bilhões de usuários”.

Além de Roubini, outra figura conhecida que criticou o projeto foi Changpeng Zhao, CEO da Binance.

Em uma publicação um tanto irônica, CZ falou sobre a questão do domínio de dados do Facebook, declarando que a moeda “não precisa de KYC”, visto que a empresa possui todos os dados necessários sobre os usuários.

“Não apenas nome, endereço, número de telefone. Eles conhecem sua família, amigos, localização em tempo real, o que você gosta … Eles te conhecem mais do que você mesmo. E agora a sua carteira também. Melhor AML!”

O lançamento do ativo está previsto para o próximo ano, e de acordo com o Facebook, a Libra é totalmente lastreada pela Reserva Libra, “uma coleção de moedas e outros ativos usados como garantia para cada Libra criada, gerando confiança em seu valor intrínseco.”

Foto de Beatriz Orlandeli
Foto de Beatriz Orlandeli O autor:

Simpatizante das criptomoedas, após cursar Arquitetura e Urbanismo, reavivou um antigo gosto pela escrita e atualmente trabalha como redatora do WeBitcoin.

biaorlandeli