Bilionário do setor de fundos de cobertura aposta alto nas criptomoedas

O bilionário do setor de fundos de cobertura, Alan Howard, está apostando alto nas criptomoedas.

Bilionário aposta alto nas criptomoedas

Ao citar pessoas familiarizadas com o assunto, a Bloomberg relatou que Alan Howard, 54, começou a investir em criptomoedas no ano passado e que deseja continuar investindo nelas.

Howard, cofundador da empresa de gestão de ativos “Brevan Howard Asset Management”, já contratou pelo menos um funcionário para ajudá-lo a gerenciar sua grande quantidade de investimentos cripto, e deseja contratar mais pessoas para ajudá-lo enquanto expande seu alcance para ICOs e investimentos de capital privado em startups de Blockchain.

As fontes também acrescentaram que outros sócios da Brevan Howard também investiram no mercado cripto, entretanto, a própria Brevan Howard, avaliada em $9.1 bilhões de dólares, não comprou ou investiu em nenhuma criptomoeda.

A Brevan Howard, uma das principais empresas no setor – pelo menos a nível pessoal – sofreu uma perda de 5.4 por cento em 2017, sua maior perda desde sua abertura em 2003.

Essa baixa performance afetou o valor de ativos sob gestão da empresa (AUM), estando atualmente avaliados em pouco menos de $10 bilhões após terem registrado o alto valor de mais de $40 bilhões. No entanto, esse fenômeno não é exclusividade da Brevan Howard, visto que uma grande parcela de fundos de cobertura têm sofrido com a atual situação econômica que tem afastado investidores.

Leia mais: Bitcoin fica abaixo dos US$8000, mercado encontra dificuldades para se levantar

Bilionários são receptivos com criptomoedas 

Recentemente, um grande número de bilionários têm investido em criptomoedas.

O investidor de risco Tim Draper se tornou um dos primeiros membros da alta classe a divulgar seus eventos publicamente após comprar uma grande quantidade de Bitcoins da Silk Road em 2014. Draper – dono de uma riqueza estimada em $1 bilhão de dólares – possui uma grande porcentagem de sua riqueza em ativos cripto e em ações em startups de Blockchain.

Recentemente, a lenda do setor de fundo de cobertura, Mike Novogratz, começou a investir em criptomoedas e atualmente possui planos de lançar seu próprio banco comercial, algo que foi descrito como a “Goldman Sachs do mercado cripto”.

Peter Thiel, um dos cofundadores do Paypal, também revelou que sua empresa de capital de risco – Founders Fund – investiu em Bitcoins em 2017 e, por um período, possuiu milhares de dólares em Bitcoins.

Fonte: CCN.com

Foto de Andre Cardoso
Foto de Andre Cardoso O autor:

André , ariano, engenheiro, empreendedor, trader de criptos profissional, palestrante e professor. Adora números, gráficos e aprender coisas novas.

andre.cardoso.btc/