Binance investiga o golpe por trás do token do Squid Game que caiu 99%

Binance, Exchange de criptomoedas, está investigando ativamente o golpe do token do jogo de lula.

De acordo com o portal Barrons, uma equipe de inteligência da Binance está atualmente auditando a Blockchain, coletando dados e informações relevantes que ajudarão as autoridades a capturar os criminosos por trás do golpe do token do Squid Game.

A lucrativa criptografia SQUID foi inspirada no programa sul-coreano “Squid Game” e conseguiu aumentar os preços em questão de dias.

No entanto, a popularidade do token diminuiu rapidamente quando os preços do SQUID caíram para zero, e seus desenvolvedores logo decidiram descartar seu projeto e fugir com o dinheiro do investidor.

Estratégias investigativas de Binance

A Binance está declaradamente explorando novas opções para rastrear os scammers. O porta-voz da empresa afirmou que eles estão “colocando endereços na lista de negativados, afiliados aos desenvolvedores e estão implantando análises na Blockchain para identificar os golpistas”

A Exchange também distribuirá informações encontradas para as autoridades, afim, de auxiliá-las na investigação. É de notar que o token play-to-earn SQUID foi construído na Binance Smart Chain, no entanto, a troca revelou que o protocolo é um ecossistema de código aberto e, portanto, a empresa não tem supervisão sobre os projetos construídos na rede.

O porta-voz da Binance também afirmou que, essas estratégias de golpes se tornaram bastante comuns no setor cripto e que eles estão trabalhando duro, para encontrar o maior número possível de pistas, para localizar os verdadeiros culpados.

A plataforma também relatou que os golpistas usaram um serviço de mistura de criptomoedas chamado Tornado Cash, para ocultar sua identidade. Os desenvolvedores do dinheiro Tornado ainda não pronunciaram.

A Binance tem um histórico promissor no que diz respeito ao combate ao crime no setor de criptomoedas. A Exchange já havia ajudado as autoridades a revelar as identidades de uma gangue criminosa FANNYCAT, um grupo de hackers responsável por organizar ataques frequentes de ransomware e cobrar pagamentos em cripto.

Fonte: CryptoSlate

Foto de Washington Leite
Foto de Washington Leite O autor:

Formado em Administração de Empresas, sou entusiasta da tecnologia e fascinado pelo mundo das criptomoedas, me aventuro no mundo do trade, sendo um eterno aluno. Bitcoin: The money of the future

WashingtonLeite_