Bitcoin apresenta segunda maior queda de todos os tempos na dificuldade da mineração

Entenda o que significa a queda na dificuldade de mineração do Bitcoin

O preço do Bitcoin disparou com volatilidade nos últimos dias. O maior ativo digital tem continuamente subido e descido a escada de preços, o que confundiu alguns participantes do mercado. Em 3 de novembro, a dificuldade de mineração do Bitcoin sofreu um grande abalo, pois caiu para 16.787 trilhões. Este nível não era visto desde junho e marcou a segunda maior queda de todos os tempos.

Bitcoin dificuldade

Fonte: CoinWarz

 

De acordo com a Glassnode, a única dificuldade que foi ajustada em mais de -18% ocorreu 9 anos atrás, em outubro de 2011.

Aqui vamos nós… novamente

O atual ajuste de dificuldade de mineração do Bitcoin favorece os mineradores. O preço atual do BTC está em uma faixa de mineração lucrativa para mineradores de curto, médio e longo prazo. Em vez disso, essa queda na dificuldade não só será mais fácil para os mineradores extraírem o BTC, mas também obterá melhores incentivos.

Este ajuste coloca o BTC em um ambiente mais seguro e com uma tendência relativamente alta nas últimas três semanas. Este ajuste também sugeriu a autorregulação da rede, o que foi um bom sinal para a valorização do BTC. O CEO da Glassnode, Rafael Schultze-Kraft também observou sobre o ajuste:

“A rede do #Bitcoin, auto-regulável.”

Contudo, o fluxo de saída dos mineradores de Bitcoin tem contado uma história diferente.

De acordo com o Glassnde alerts, o fluxo de saída do BTC Exchange [1d MA] atingiu uma alta de US$ 46,892 milhões em sete meses. Este nível foi visto pela última vez em setembro.

Image

Fonte: Glassnde alerts

 

Esse fluxo de saída tem aumentado nas últimas 24 horas e isso foi um sinal de que alguns mineradores estavam deixando o mercado.

Com o resultado das eleições se aproximando, o impacto disso será sentido no mercado de ações. Dada a forte correlação do Bitcoin com o mercado de ações, ela pode gerar ondas de volatilidade no criptomercado.

Fonte: AMBCrypto

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader aposentado. Segue firme como entusiasta do Bitcoin e inimigo declarado das pirâmides financeiras.