Bitcoin é negociada na Bolsa de Valores por mais de $4.000

A demanda por Bitcoin também está aumentando nos mercados de ações públicos. Alguns ETFs e instrumentos, incluindo o Bitcoin Investment Trust, estão sendo negociados com taxas altas.
A subsidiária da Grayscale Investments, do Digital Currency Group, de Barry Silbert, lidera um dos títulos mais cotados e populares com base em preços do Bitcoin. Cada ação da Bitcoin Investment Trust (GBTC) representa 10% do preço Bitcoin e, neste momento, a GBTC está sendo negociada em US$ 417.

O mercado de ações público

No mercado de ações dos EUA, comerciantes credenciados e investidores institucionais estão comprando Bitcoin com instrumentos como a GBTC.
Embora muitos investidores tenham transferido criptomoedas para plataformas de negociação regulamentadas, como a Kraken, GDAX, Coinbase, uma grande parte dos investidores credenciados ainda contam com títulos da Bitcoin, citados publicamente, como a GBTC, para investir na moeda digital.
Atualmente, o preço da ação da GBTC demonstra uma incrível taxa “premium” de 48,92% para os investidores no mercado de ações público. O preço médio global do Bitcoin, calculado pela média do preço de cada mercado de exchanges de Bitcoin, incluindo os EUA, Coréia do Sul, Japão e China, no momento de escrita desta matéria, é de US$ 2.780, em média.

No mercado de ações público, através de instrumentos como a GBTC, a Bitcoin está sendo negociada em mais de US$ 4.000.

Demanda por Bitcoin não para de crescer

O aumento da demanda por Bitcoin nos mercados de ações públicos, como nos EUA e na Suécia, pode ser atribuído a vários fatores. Os três fatores de condução mais óbvios da demanda por Bitcoin nos mercados de ações públicos são:
• Capacidade de escala da Bitcoin
• Aumento da regulação da Bitcoin pelos mercados estrangeiros
• Aumento da demanda por Bitcoin de investidores institucionais como a Fidelity.

Na maioria das regiões, os investimentos em larga escala ou a adoção pelas principais instituições financeiras levam a uma rápida adoção pelo público. Quando o governo japonês legalizou pela primeira vez a Bitcoin, grandes empresas como a Bic Camera integraram o Bitcoin como método de pagamento, com isso o volume de negociação do mercado japonês Bitcoin cambiou.

Abigail Johnson, CEO da Fidelity, disse: “Eu adoro isso – Bitcoin, Ethereum, tecnologia Blockchain – e o que o futuro detém. Eu ainda sou um crente – e não é por acaso que sou um dos poucos de uma grande empresa de serviços financeiros que está diante de você hoje e não “desistiu de criptomoedas”.

Goldman Sachs e Bank of America já cobrem o Bitcoin

As principais instituições financeiras do país, incluindo a Goldman Sachs e o Bank of America, também começaram a fornecer ampla cobertura sobre o Bitcoin. A Goldman Sachs está fornecendo uma visão altamente otimista sobre o preço da Bitcoin e o Bank of America, destacou algumas medidas que podem demonstrar o crescimento exponencial da Bitcoin. Esses fatores levaram a um aumento na confiança dos investidores credenciados e institucionais que estão investindo no Bitcoin por meio de canais regulamentados, como o GBTC da Grayscale Investment.
“O Bitcoin é algo que não se pode parar”.

FONTE: Cointelegraph