Bitcoin influencia mais o preço do XRP do que a própria Ripple

Quedas no Bitcoin causam forte impacto no preço do XRP

Segundo dados da coinmetrics.io, o Bitcoin é o maior fator determinante na alteração dos preços do XRP. Mais do que isso, o Bitcoin tem mais impacto no preço da moeda do que a própria Ripple, empresa responsável por emitir e gerenciar o ativo.

xrp price determinant

Os dados mostram que, com 79% de dominância, o Bitcoin é determinante nas flutuações de preço do XRP. Influências advindas dos usuários somam apenas 19%, o que significa que os usuários tem ainda, nesse momento, uma baixa influência no preço da Ripple. Outros fatores somam 2% e podem incluir baleias e o despejo de moedas da Ripple no mercado.

Bitcoin e as Altcoins

Muitos especialistas afirmam que o Bitcoin tende a engolir outras moedas enquanto sobe de preço. O ano de 2019 foi uma mostra disso, bastando apenas olhar os gráficos dos últimos 10 meses para perceber que, mesmo com uma forte alta nos preços do Bitcoin em recuperação ao ano de 2018, a maior parte das altcoins não foi capaz de sustentar os ganhos de junho desse ano.

Negociado a aproximadamente US$ 0.36 em 1 de janeiro de 2019, o XRP passou a maior parte do ano cambaleando, atingindo seu topo anual durante a alta do Bitcoin em junho, sendo negociado na faixa de US$ 0.50.

A alta do Bitcoin alavancou, por osmose, diversas outras criptomoedas. Contudo, os ganhos vistos no Bitcoin de mais de 300% em 2019 não atingiram o XRP. A moeda seguiu sim a tendência, mas apenas para uma alta de menos de 100% em relação ao preço inicial de janeiro.

O fundo anual do XRP pôde ser visto em 24 de agosto, sendo negociado na casa dos US$ 0.21. Apenas três dias antes o Bitcoin havia perdido o suporte em US$ 10.000 e despencado para U$ 8.000. O XRP seguiu fielmente a queda do BTC, perdendo o suporte em US$ 0.30 e descendo ainda mais.

Com baixos ganhos na alta do Bitcoin e enormes perdas na queda, o caminho do XRP para o final de 2019 ainda é preocupante. Uma consolidação acima de US$ 0.30 é fundamental para que o ativo possa se restabelecer e buscar patamares mais elevados.

*Imagem por: Ideias & Efeito Comunicação

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader desde 2017. Aficionado por tecnologia e entusiasta das criptomoedas, viu no WeBitcoin a oportunidade de unir duas paixões.