Bitcoin já atingiu seu máximo, aponta economista

Segundo Peter Schiff, Bitcoin não está ganhando popularidade e não irá alcançar a alta de 2017

O mercado de criptomoedas é grande e cresce a cada dia mais. Essa diversidade inclui opiniões. Todo mundo pode dizer o que pensa e fazer suas previsões para o futuro do bitcoin e das demais criptomoedas.

Agora é a vez do economista e CEO do Euro Pacific Capital Peter Schiff dar sua opinião através do Twitter sobre, adivinhem só, bitcoin. Schiff é reconhecido entre os usuários do Twitter como um investidor cético em relação ao btc.

Peter inicia dizendo acreditar que o bitcoin representa um enorme sucesso de marketing para os grandes compradores que tiveram acesso cedo à criptomoeda.

“O Bitcoin foi um grande sucesso de marketing para grandes compradores que entraram cedo. Mas, para ter sucesso, eles devem despejar o que compraram sem prejudicar o preço. Fazer isso requer a criação de FOMO (medo de perder oportunidades) suficiente para levar os investidores institucionais a entrar a bordo sem que os HODLers saltem do navio!”

No dia seguinte Schiff postou novamente, dessa vez criticando a ideia de que a popularidade do bitcoin encontra-se em um momento de alta.

“Se o Bitcoin realmente está ganhando popularidade, por que o volume no rally mais recente foi muito menor do que durante o rali de 2017? Se o interesse e a adoção tiverem atingido o pico, o preço também. É por isso que esse rally chegou a um ponto abaixo da alta de 2017, e por que a baixa de 2019 não vai segurar!”

Os comentários de Peter geraram enorme repercussão no Twitter. Um usuário então questionou Schiff a respeito do alto volume do BTC.

“Volume é 3x. Estamos indo para uma nova alta histórica” – comentou o usuário.

Em resposta, Peter postou um gráfico mostrando uma queda marcante no volume de trade (em dólar) do bitcoin.

A discussão terminou com o usuário questionando Schiff a respeito de que preço o bitcoin precisaria atingir para que ele admitisse estar errado. A resposta final de Peter foi enfática.

“Eu posso te fazer a mesma pergunta. Para mim o preço não é o problema. O preço subindo não me faz mal. Significa apenas que mais compradores estão errando.”

 

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader desde 2017. Aficionado por tecnologia e entusiasta das criptomoedas, viu no WeBitcoin a oportunidade de unir duas paixões.