Byron Bay se tornará o centro de mineração de bitcoin da Austrália

Conheça o potencial centro de mineração de bitcoins, que emprega energia renovável, na Austrália.

A empresa Mawson Infrastructure Group, listada na Nasdaq, supostamente fechou uma parceria com a Quinbrook Infrastructure Partners para estabelecer uma das maiores operações de mineração de bitcoin da Austrália. Ela estará localizado na cidade litorânea – Byron Bay – e usará energia 100% renovável.

Um relatório recente diz que a nova instalação, está vendo a luz do dia, graças ao Mawson Infrastructure Group, que adicionará cerca de 0,4 exahash à mineração global de criptomoedas.

A Quinbrook Infrastructure Partners – uma empresa de capital privado dos EUA que investe em iniciativas verdes e de baixo carbono – usará energia renovável para mineração.

“Isso foi fundamental para o negócio, que estávamos dispostos a fazer, para a redução nos horários de pico de carga da rede. Nossa capacidade de apenas ligar e desligar reduz os custos gerais de energia e nos permite colocar mais energia na rede no momento certo.” – explicou James Manning – CEO da Mawson Infrastructure.

Curiosamente, a notícia veio dias depois que o Comitê do Senado sobre a Austrália como Centro Tecnológico e Financeiro (ATFC), propôs que os mineradores locais de bitcoin recebessem um desconto de imposto de 10%, se usarem energia renovável.

Pronto para mais expansão.

Manning acrescentou que sua empresa comprou recentemente mais 4.000 mineradoras de bitcoin ASIC (Circuito Integrado Específico de Aplicativo). O investimento deve aumentar a capacidade operacional em 11,7% até meados de 2022. Assim, o alto executivo não escondeu a ambição de estender o escopo do Mawson Infrastructure Group pelo resto do continente:

“Temos muito mais infraestrutura disponível para nós agora e adoraríamos construir mais na Austrália e o incentivo fiscal nos ajuda a redirecionar parte disso para a Austrália.”

Aussies abrem-se para a cripto.

Como o CryptoPotato relatou na semana passada, o ATFC recomendou que o país deveria estabelecer regulamentações favoráveis, como descontos de impostos para o comércio de ativos digitais e estabelecer um regime de licenciamento para as exchanges, para encorajar o desenvolvimento da indústria.

O senador Andrew Bragg – Chefe do Comitê – observou que, se a Austrália implementar uma estrutura de cripto abrangente, poderá competir com nações líderes como os EUA, Singapura e o Reino Unido.

Também é importante notar que a população em geral na Austrália aumentou seu interesse na classe de ativos em comparação a 2020. De acordo com um estudo, 17% dos habitantes locais usam criptomoedas como, Bitcoin (BTC), Ethereum (ETH) e Dogecoin ( DOGE), são os três tokens mais populares.

 

Fonte: CryptoPotato

Foto de Neidson Soares
Foto de Neidson Soares O autor:

Conheceu esse universo dos criptoativos em 2016 e desde 2017 vem intensificando a busca por conhecimentos na área. Hoje trabalha juntamente com sua esposa no criptomercado de forma profissional. Bacharelando em Blockchain, Criptomoedas e Finanças na Era Digital.

neidson8