Coreia do Sul desclassifica empresas de criptomoedas como “Negócios de Risco”

Autoridades revisam a regulamentação e optam pela exclusão

Hoje (27 de setembro) os ministros sul-coreanos informaram a decisão de desclassificar empresas de criptomoedas como negócios de risco. A decisão acompanhou a medida tomada pelo Ministério de Pequenas e Médias Empresas (SMEs) e Startups (MSS), que havia realizado a exclusão em agosto.

Leia mais: Investidores desenvolvem esquema para contornar proibição de ICO’s na China

De acordo com a mídia, durante a última reunião de gabinete do governo foi revisado o decreto que trata sobre a regulamentação de empreendimentos de risco.

A reunião contou com a participação do Primeiro Ministro Lee Nak-eyon. Após a revisão, o gabinete decidiu remover o tópico da classificação de risco.

WeBitcoin: Coreia do Sul retira a classificação de empresas de criptomoedas como "Negócios de Risco"

Segundo a Business Korea, o objetivo por trás da revisão é “fortalecer a cooperação de instituições relacionadas” à criptomoedas de forma a proteger os cidadãos de práticas ilegais.

Durante a semana passada, o Ministério da Ciência e Tecnologia de Comunicação e Informação (MSICT) havia se comprometida a apoiar a indústria nacional de blockchain com o objetivo de facilitar o crescimento da tecnologia no país.

Leia mais: Autoridades italianas decidem integrar o país na Parceria Européia de Blockchain

FONTE: COINTELEGRAPH