Elon Musk quer que rede de fast-food famosa aceite Dogecoin

Elon Musk, o “The Dogefather” desafia a gigante do fast-food, McDonald’s, a aceitar a criptomoeda Dogecoin como forma de pagamento

Elon Musk, CEO da Tesla e da SpaceX, está insistido que a gigantesca rede alimentícia aceite Dogecoins como forma de pagamento e postou o desafio em seu Twitter.

Musk começou com está insistência devido a rede de fast-food só aceitar pagamentos com criptomoedas em El Salvador, não abrindo exceção a nenhum outro país.

Resultado dos Tweets de Musk

The Dogefather, como Musk é chamado no meio cripto, promete que se o McDonald´s passar a receber a moeda meme, ele se comprometeu em fazer uma refeição feliz na TV.

Com este murmurinho, Musk conseguiu fazer com que o preço do Dogecoin subisse 6% em fração de minutos. O preço da cripto testemunhou uma mini bomba semelhante recentemente, logo após a Tesla anunciar a aceitação do Dogecoin para pagamentos de mercadorias.

No Twitter, os entusiastas e investidores da criptomoeda não perderam tempo e nem o bom humor, e até o presidente de El Salvador entrou na brincadeira fazendo um meme com uma de suas fotos.

O McDonald’s respondeu no Twitter, reconhecendo que sua marca se tornou a marca registrada das quedas do mercado de criptomoedas.

“Como estão as pessoas que administram contas de cripto no Twitter”, escreveu a cadeia alimentar, já envolvida em outra conversa no Twitter, aquela sobre pagamentos DOGE, estimulada por Billy Markus, fundador do Dogecoin.

Elon Musk e o Dogecoin

Elon Musk é um apoiador assumido da criptomoeda, recentemente ele até argumentou que reconhece que não é um sistema monetário com fundamentos, mas é melhor que outras criptos que ele tem visto.

A idolatria de Musk chega a ser tanta que ele acredita que a moeda meme está pronta para ser adotada em massa, devido às baixas taxas de transações e segundo ele, ” tendo uma capacidade de volume de transações muito maior do que o Bitcoin”.

O Dogecoin surgiu através da fundação sem fins lucrativos formada por membros em 2014, foi relançada no ano passado após vários anos inativa.

Alavancando apoio, advocacia, proteção de marca registrada e governança para o projeto, o Dogecoin Foundation foi ressuscitada com alguns players experientes do setor como parte de seu conselho de consultores.

O grupo que se reúne mensalmente para discutir questões relacionadas ao Dogecoin é formado pelo fundador do Dogecoin, Billy Markus, o desenvolvedor principal do projeto, Max Keller, o fundador do Ethereum, Vitalik Buterin, e Elon Musk, representado pelo chefe do escritório da família Musk, Jared Birchall.

No final do ano passado, a fundação revelou grandes planos para o Dogecoin em 2022, definindo o foco na utilidade.

Foto de Washington Leite
Foto de Washington Leite O autor:

Formado em Administração de Empresas, sou entusiasta da tecnologia e fascinado pelo mundo das criptomoedas, me aventuro no mundo do trade, sendo um eterno aluno.Bitcoin: The money of the future

WashingtonLeite_