Lendário jogador de pôquer decidiu ir “all-in” no Bitcoin

Com isso, a Cypherpunk Holdings acumula um total de 276,479 BTCs

Uma empresa canadense de capital aberto apostou tudo no Bitcoin, liquidando suas participações na Monero e na Ethereum. A Cypherpunk Holdings agora se tornou a nona maior detentora de Bitcoin de capital aberto, atrás da Hive Blockchain. No comando da Cypherpunk Holdings está Antanas Guoga, um jogador de pôquer lituano mundialmente famoso. Mais conhecido como Tony G, ele foi o fundador do Australian Poker Hall of Fame. Atualmente, faz parte da Assembleia Nacional da Lituânia, tendo anteriormente representado o país no Parlamento Europeu.

Tudo em Bitcoin

A empresa canadense anunciou em um comunicado à imprensa em 26 de novembro que havia aumentado seu estoque de Bitcoins. A Cypherpunk comprou 72.979 BTC, no valor de $ 1,26 milhões, elevando suas participações BTC totais para 276,479 BTC, no valor de $ 4,76 milhões até o momento.

O aumento nas participações BTC da Cypherpunk é o resultado da liquidação total das posições na Monero e Ethereum, revelou a empresa. Ela também usou alguns fundos levantados em uma colocação privada de $ 505.000 CAD ($ 388.300). A colocação privada terminou em 27 de agosto, com a empresa emitindo 10.100.000 unidades a um preço de CAD $ 0,10.

A Cypherpunk Holdings torna-se a mais recente empresa de capital aberto a aumentar suas participações em BTC. A empresa com sede em Toronto é mais conhecida na comunidade de criptomoedas como a proprietária da carteira Wasabi. A carteira sem custódia com foco na privacidade oferece aos usuários controle total de seu BTC. Ela também vem com CoinJoin embutido, integra o navegador Tor e oferece aos usuários recursos de controle de moedas.

A Cypherpunk Holdings também investiu na carteira Samourai, outra carteira Bitcoin focada na privacidade. A carteira prioriza criptografia robusta e recursos de privacidade. Por meio de uma parceria com a startup de comunicação descentralizada goTenna, Samourai também permite que os usuários negociem Bitcoin offline.

Empresas de capital aberto recorrem ao Bitcoin

A Cypherpunk Holdings é agora a nona maior detentora de Bitcoins de capital aberto. No que está se tornando uma tendência de rápido crescimento, as empresas de capital aberto estão comprando Bitcoin como uma proteção contra moedas fiduciárias deflacionárias. A mudança ocorre em um momento em que muitas empresas de Wall Street consideram o Bitcoin um dos melhores ativos a longo prazo. Um dos mais recentes é o JP Morgan, que afirmou que o Bitcoin agora está competindo com o ouro como moeda alternativa de escolha de muitos.

A empresa de capital aberto com o maior estoque de Bitcoins é a Microstrategy. A empresa de inteligência de negócios investiu US$ 425 milhões em Bitcoin em agosto e setembro, abrindo caminho para as empresas de Wall Street. O CEO Michael Saylor tem apoiado abertamente o BTC, saudando o Bitcoin como ouro digital. A empresa agora possui 38.250 BTC, 0,182% do fornecimento total de BTC. As ações da Microstrategy se beneficiaram com a aposta no Bitcoin, com analistas esperando que o preço triplicará em um futuro próximo.

Outras empresas públicas com participações consideráveis ​​em BTC incluem a Galaxy Digital com 16.402 BTC, a Square com 4.709 BTC, a Voyager Digital com 1.638 BTC e a polêmica Riot Blockchain com 1.175 BTC.

A Grayscale Bitcoin Trust continua sendo a maior proprietária de Bitcoin com um estoque de 527.966 BTC, respondendo por 2,51% do fornecimento total de Bitcoin. De propriedade do Digital Currency Group, o fundo oferece aos investidores exposição ao Bitcoin em uma configuração regulada pela SEC.

Fonte: CNF

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader aposentado. Segue firme como entusiasta do Bitcoin e inimigo declarado das pirâmides financeiras.