SEC está investigando várias startups de criptomoedas

A Comissão Americana de Valores Mobiliários (SEC) está investigando dezenas de startups que estão operando no mercado das criptomoedas de acordo com um oficial do órgão regulamentar.

Oficial confirma: SEC está investigando várias startups de Criptomoedas

Stephanie Avakian, codiretor do departamento de fiscalização da SEC, confirmou os rumores de que o órgão estava investigando um grande número de operadores de ofertas iniciais de moedas (ICO) e empresas associadas pelas violações das regulamentações de títulos federais.

“Somos muito ativos, e esperamos aumentar nossa atividade ainda mais,” disse Avakian em uma conferência da Associação de Consultores de Investimento em Washington de acordo com uma reportagem da Bloomberg Law. “Estamos obviamente fazendo muitas coisas no meio cripto, e estamos observando muitas coisas no meio cripto”.

Avakian disse no ano passado que os ICOs estavam rapidamente se tornando uma prioridade para o departamento de fiscalização da SEC, e o órgão deixou claro sua intenção de fiscalizar os mercados em virtude desse novo mecanismo de angariação de fundos.

Leia mais: Desde que lançou suporte para Bitcoin, valor do aplicativo Robinhood subiu para US$5,6 bilhões

SEC aumenta fiscalização sobre ICOs

No começo do mês, surgiram relatos de que a SEC tinha emitido cerca de 80 intimações para operadores e consultores de ICOs, visando investigar se eles haviam violado leis federais por possuir títulos não registrados.

A Overstock, cuja subsidiária tZero está tentando arrecadar $250 milhões de dólares através de um ICO, reconheceu que sua venda de tokens estava sendo investigada, entretanto, o diretor executivo Patrick Byrne disse que a empresa estava cumprindo voluntariamente com a investigação e não havia recebido nenhuma intimação. A empresa também disse que a investigação está ameaçando seu ICO, e principalmente, sua própria empresa de comércio eletrônico.

Segundo informações, a SEC também está investigando fundos de cobertura cripto em busca de conflitos de interesse, assim como informações sobre como os gestores de fundos estão classificando ativos em seus portfólios.

Por fim, o órgão advertiu as exchanges de criptomoedas que é ilegal listar security tokens (tokens de segurança) sem se registrar no órgão regulamentar como uma plataforma de negociação de títulos — uma declaração importante se levarmos em conta a ampla classificação da SEC sobre o que um token constitui como token de segurança.

Fonte: CCN.com

Foto de Andre Cardoso
Foto de Andre Cardoso O autor:

André , ariano, engenheiro, empreendedor, trader de criptos profissional, palestrante e professor. Adora números, gráficos e aprender coisas novas.

andre.cardoso.btc/