Suposta pirâmide financeira manipulou fóruns para melhorar sua imagem

A suposta pirâmide financeira, OneCoin, teria manipulado fóruns para passar credibilidade e melhorar sua imagem

A suposta pirâmide financeira OneCoin, teria usado avaliações e perguntas falsas em diversos fóruns para conceder credibilidade e melhorar a imagem do suposto esquema, conforme reportagem do CriptoFacil.

A pesquisa realizada pelo Laboratório Forense Digital (DFRLab) do grupo de reflexão Atlantic Council, revelou que os fóruns TrustPilot e Quora, foram usados para atrair investidores. 

As interações nos fóruns teria começado quando iniciaram as suspeitas do esquema, a OneCoin fechou depois de alguns meses, deixando milhares de clientes sem seus investimentos. 

Segundo o relatório da pesquisa, das 579 avaliações da OneCoin no TrustPilot, 90% eram positivas, em média 400 avaliações foram publicadas em um único mês. 

“O aumento de outubro de 2019 nas classificações de cinco estrelas, no entanto, indicou um fluxo anormal de críticas favoráveis, assim como as relações públicas e problemas legais da OneCoin aumentaram. Permanece a possibilidade de que o influxo de classificações e resenhas fosse orgânico, embora o momento e o viés extremo fossem altamente suspeitos”, segundo pesquisa divulgada pelo DFRLab.

As avaliações eram feitas com perfis sem fotos que só interagiam em temas relacionados à OneCoin. 

A empresa afirmava ter 3 milhões de membros em todo o mundo, uma das supostas pirâmides financeiras mais conhecidas no mercado de criptomoedas, o site oficial da empresa só parou de funcionar em dezembro de 2019. 

De acordo com a pesquisa:

“À medida que os desafios legais da OneCoin aumentavam, o esquema de marketing em pirâmide da empresa recebeu atenção significativa. Suas táticas de marketing digital, no entanto, receberam muito menos análise.”

Imagem Vectorpouch por Freepik.

Foto de Mirian Romão
Foto de Mirian Romão O autor:

Graduada em Comunicação Social com ênfase em Jornalismo e Pós-Graduada em Comunicação em Redes Sociais.

mirian_romao