União Europeia acusa a Amazon de “violação antitruste”

A empresa é acusada de competir injustamente com vendedores em sua plataforma na Alemanha e na França

A União Europeia (UE) está acusando a Amazon de usar indevidamente os dados que coleta de terceiros em sua plataforma, anunciou hoje a comissária europeia Margrethe Vestager. A Comissão Europeia diz que a Amazon está “sistematicamente” usando dados não públicos de vendedores do mercado para competir injustamente com vendedores na França e na Alemanha.

As acusações são resultado de uma investigação anunciada no ano passado, que analisou como a Amazon usa os dados de vendas para competir com os comerciantes independentes da plataforma. Aqui está o que a Comissão está objetando especificamente:

“A opinião preliminar da Comissão, descrita em sua comunicação de objeções, é que o uso de dados não públicos de vendedores do mercado permite que a Amazon evite os riscos normais de concorrência no varejo e alavanque seu domínio no mercado de prestação de serviços de mercado na França e Alemanha – os maiores mercados para a Amazon na União Europeia.”

A Comissão acredita que “quantidades muito grandes de dados não públicos de vendedores” são usadas para ajudar o negócio de varejo da Amazon “em detrimento dos outros vendedores do mercado”. A Amazon terá a oportunidade de responder a essas reivindicações nas próximas semanas, disse Vestager.

“Chegamos à conclusão preliminar de que a @amazon abusou ilegalmente de sua posição dominante como provedora de serviços de mercado em DE e FR. A @amazon pode ter usado dados confidenciais em grande escala para competir com varejistas menores.”

Em um comunicado, a Amazon disse que discorda das alegações da Comissão, acrescentando que “continuará a fazer todos os esforços para garantir que tenha um entendimento preciso dos fatos”.

“Nenhuma empresa se preocupa mais com as pequenas empresas ou fez mais para apoiá-las nas últimas duas décadas do que a Amazon”, disse a empresa. “Existem mais de 150.000 empresas europeias vendendo através das nossas lojas que geram dezenas de bilhões de euros em receitas anualmente e criaram centenas de milhares de empregos.”

Fonte: The Verge

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader aposentado. Segue firme como entusiasta do Bitcoin e inimigo declarado das pirâmides financeiras.