Uruguai instala seu primeiro caixa eletrônico de criptomoedas

A cidade turística do Uruguai, Punta Del Este, recebe seu primeiro caixa eletrônico de criptomoedas, podendo negociar cinco criptos ativos

Contra Capa 57

A cidade costeira Punta Del Este no Uruguai, recebe seu primeiro caixa eletrônico cripto, a cidade foi escolhida devido à grande movimentação de turistas. Com está iniciativa, Uruguai se torna o 11º país da América Latina a incentivar o uso de criptomoedas.

O feito só foi possível devido a parceria que o Uruguai fez com a empresa de criptomoedas local, a UruBit e inBierto, ambas gerenciarão a máquina.

As empresas, fizeram um levantamento antes de ter a iniciativa de instalar o caixa eletrônico e através deste levantamento constatou que mais de 30 mil cidadãos uruguaios são adeptos as criptomoedas. O caixa eletrônico, suporta negociar (sacar e depositar) cinco tipos de ativos que são: Bitcoin, Binance USD (BUSD), Ferret Token (FRT) e Urubit (URUB), sendo que as duas últimas moedas citadas, são das empresas responsáveis pela máquina.

Conforme declaração feita para o portal Bitcoin.com, por Adolfo Varela, CEO da InBierto, uma StartUp de educação e canalização de investimentos em criptoativos:

O objetivo desta máquina é criar confiança no mercado de criptomoedas do país, onde a maior parte das transações de criptomoedas acontecem em mercados peer-to-peer, que não passam por uma empresa por falta de regulamentação.

Segundo Dados analisados pelo Coin ATM Radar, a América do Sul possui cerca de 79 caixas eletrônicos de criptomoedas, sendo os maiores detentores: Colômbia com 31, Brasil com 22, Argentina com 11 e Costa Rica com 6 caixas, os outros caixas estão distribuídos nos países como Aruba, Caribe, Chile, Equador, Peru e Venezuela.

chart 1
Fonte: coinatmradar.com – Dados de caixas ATM distribuídos pela América do Sul

O que os governantes do país pensam sobre as criptomoedas

Banco Central do Uruguai

Segundo o portal de notícias Cryptopolitan, no mês de outubro do ano de 2022, o Banco Central do País publicou uma nota informando sobre os riscos de investir em cripto ativos, e que não eram legais ou ilegais e que os cidadãos poderiam comercializá-la.

No mês de dezembro, o Banco Central do Uruguai emitiu um roteiro para regulamentar os ativos, revisando as leis atuais e fazendo alterações para adaptar os ativos nas regulamentações existentes.

Governantes

O senador Juan Sartori, não tinha interesse em adotar as criptomoedas como uma meda legal, como fez o presidente o Presidente de El Salvaro, Nayib Bukele, mas o mesmo queria regulamentá-las para que fossem aceitas como pagamento e pudessem ser movimentadas pelas empresas locais.

Conforme relatado por Cointelegraph, o senador Juan Sartori não estava interessado em adotar a criptomoeda como moeda legal. Em vez disso, ele sugeriu:

Hoje apresentamos um projeto de lei que busca estabelecer um uso legítimo, legal e seguro em negócios relacionados à produção e comercialização de moedas virtuais no Uruguai.

Foto de Washington Leite
Foto de Washington Leite O autor:

Formado em Administração de Empresas, sou entusiasta da tecnologia e fascinado pelo mundo das criptomoedas, me aventuro no mundo do trade, sendo um eterno aluno.Bitcoin: The money of the future

WashingtonLeite_