News

Coinbase se prepara para atender investidores institucionais

por Thiago Baptista

18/11/2017 - 10:04 am

A startup Coinbase (carteira digital e casa de câmbio) está prestes a apresentar seu novo serviço de armazenamento, o Coinbase Custody, projetado especificamente para investidores institucionais. Para usar o serviço, o cliente precisa pagar a taxa inicial de instalação de US $ 100.000, juntamente com uma taxa de 10 pontos base por mês nas moedas armazenadas no sistema.

Em sua nova postagem no blog em meados de novembro de 2017, Brian Armstrong, CEO da Coinbase, disse que o serviço visa satisfazer a necessidade de investidores de ativos digital para o armazenamento seguro de seus fundos.

Ele também afirmou que a entrada de investidores institucionais no mercado de criptomoeda facilitará a adoção popular de moedas digitais.

“Quando falamos com essas instituições, elas nos dizem que a primeira coisa que as impede de começar é a falta de um detentor de ativos digitais que elas possam confiar para armazenar fundos de clientes de forma segura. É por isso que estou ansioso em anunciar a Coinbase Custody, o próximo passo para acelerar a adoção mundial das moedas digitais é desbloquear o dinheiro institucional que se prepara para entrar no espaço”.

Planos para a Coinbase Custody
De acordo com a Coinbase, o novo serviço de armazenamento não estará imediatamente disponível para os clientes. Foi anunciado que o acesso ao serviço será gradualmente oferecido aos clientes interessados ​​em 2018. A empresa também incentivou seus potenciais clientes a entrarem em contato se quiserem conhecer as mais recentes novidades sobre o projeto.

Veja também: Gigante fabricante de ATMs anuncia suporte a Bitcoin

Últimas atualizações de moedas digitais no mercado de serviços financeiros
Enquanto isso, há um interesse sustentado em moedas digitais no setor de serviços financeiros.

Com base em novos dados da área de pesquisa de tecnologia financeira (Fintech) da pesquisadora Automomous NEXT, já havia mais de 100 fundos de cobertura envolvidos na negociação de criptomoedas. Mais de 75% desses fundos foram lançados em 2017.

 

Mais um passo é dado para a adoção em massa das moedas digitais. O que você acha? Deixe seu comentário.

 

Fonte: Cointelegraph
Edição: Webitcoin