Terceira pessoa mais rica do México: compre BTC agora mesmo

Salinas Pliego opinou que os EUA parecem um “país irresponsável do terceiro mundo” por causa de suas políticas de impressão em massa, mas o BTC pode resolver o problema.

Um dos mexicanos mais ricos – Ricardo Salinas Pliego – continua apoiando o BTC, pedindo aos investidores que aloquem dinheiro para ele. Comparando a criptomoeda primária ao ouro, ele deu preferência à primeira.

O empresário bilionário mexicano e fundador do Grupo Salinas – Ricardo Salinas Pliego – é um defensor do bitcoin há anos. No ano passado, ele admitiu que começou a investir no principal ativo digital em 2016, quando ele estava em torno de US $ 800.

Em junho de 2021, Salinas Pliego opinou que o BTC é uma ferramenta financeira que tem “valor internacional”. É “negociado com enorme liquidez” e, por isso, todo investidor deve possuir parte dele. Pouco depois, ele rotulou todas as moedas fiat como “fraude”, e disse que iria segurar bitcoin para os próximos 30 anos, se tivesse que escolher.

Em um tweet recente, o mexicano dobrou seu apoio, aconselhando as pessoas a entrar no ecossistema BTC o mais rápido possível. Ele também criticou os EUA, especificamente o Federal Reserve, pela “escala de dinheiro falso” que criou.

https://twitter.com/RicardoBSalinas/status/1463556450442170383?s=20

É importante notar que o sistema de bancos centrais dos Estados imprimiu trilhões de dólares para reduzir o golpe econômico que a pandemia de COVID-19 causou. No entanto, a grande quantidade de dinheiro em circulação, juntamente com outras políticas monetárias controversas, levou ao aumento das taxas de inflação em todo o mundo.

Por outro lado, o bitcoin é finito, já que existirão apenas 21 milhões de BTCs. Como tal, muitos vêem o ativo como uma proteção contra a inflação e uma solução de investimento adequada durante uma crise monetária. Paul Tudor Jones e Jordan Peterson estão entre os exemplos.

Salinas Pliego, conhecido como o terceiro homem mais rico do México, também apoia essa afirmação. Ele acrescentou que o bitcoin é “o novo ouro digital”. Ambos os ativos têm casos de uso semelhantes, mas a criptomoeda é superior porque transportá-la é “muito mais fácil do que ter ouro no bolso”, concluiu.

O Banco Azteca estava prestes a oferecer serviços BTC.

O Grupo Salinas é a empresa-mãe do Banco Azteca (um dos bancos líderes no México). Em junho deste ano, Salinas Pliego anunciou sua intenção de fornecer oportunidades de cripto aos clientes da instituição financeira.

No entanto, o Banco Central do país, o Ministério das Finanças e a Comissão Nacional de Bancos e Valores Mobiliários reiteraram que os ativos digitais não são considerados dinheiro de acordo com a lei em vigor no México. Portanto, os bancos não têm permissão para operar com bitcoin e altcoins de qualquer forma.

Fonte: CryptoPotato

Foto de Neidson Soares
Foto de Neidson Soares O autor:

Conheceu esse universo dos criptoativos em 2016 e desde 2017 vem intensificando a busca por conhecimentos na área. Hoje trabalha juntamente com sua esposa no criptomercado de forma profissional. Bacharelando em Blockchain, Criptomoedas e Finanças na Era Digital.

neidson8