Autoridades italianas publicam lista de experts para desenvolver estratégia Blockchain nacional

O foco do país é “abordar a questão das tecnologias (…) bem como aumentar investimentos públicos e privados nesta área”

Nesta quinta-feira, 27 de dezembro, o Ministério do Desenvolvimento Econômico italiano anunciou uma lista contendo o nome de 30 especialista designados a desenvolver uma estratégia blockchain a ser adotada pelo país.

Os indivíduos selecionados integram áreas como negócios, ciência da computação, direito e pesquisa acadêmica, todos com experiência na tecnologia.

A lista conta com nomes como Angiolini Giorgio, diretor de portifólio de marketing da Italtel (companhia de telecomunicações), Pimpinella Martino Maurizio, presidente da Associação Italiana de Prestadores de Serviços de Pagamento, Mônaco marco, líder do centro de competência blockchain da PWC Itália, e Vitale Marco, presidente da firma blockchain Quadrans Foundation.

Em setembro o ministério declarou que a prioridade fundamental da Itália era “conhecer, aprofundar e abordar a questão das tecnologias de contabilidade distribuída (…), bem como aumentar investimentos públicos e privados nesta área”.

A equipe irá trabalhar para identificar casos em potencial de utilização da tecnologia vigente em serviços públicos e privados e criar ferramentas técnicas e regulatórias para promover a adoção do setor.

“Tecnologias emergentes (…) estão destinadas a mudar radicalmente nossas vidas, a sociedade na qual vivemos e a economia e produtividade do país. Temos que decidir qual caminho seguir”, disse Luigi Di Maio, vice-primeiro ministro.

FONTE: COINDESK

Foto de Beatriz Orlandeli
Foto de Beatriz Orlandeli O autor:

Simpatizante das criptomoedas, após cursar Arquitetura e Urbanismo, reavivou um antigo gosto pela escrita e atualmente trabalha como redatora do WeBitcoin.

biaorlandeli