Charles Hoskinson pondera sobre o possível banimento do Bitcoin e da Cardano pelo governo dos EUA

Sobre o tema, Hoskinson foi categórico: “O Bitcoin não está sendo banido”

Durante sua mais recente sessão “pergunte-me-qualquer coisa” transmitida ao vivo do ensolarado Colorado, o CEO da IOHK, Charles Hoskinson, abordou vários tópicos, incluindo o potencial banimento do Bitcoin nos EUA e, subsequentemente, da Cardano.

O matemático de 33 anos rejeitou decisivamente essa possibilidade:

“Esse navio partiu. O Bitcoin não está sendo banido.”

Conforme relatado por U.Today, o lendário gerente de fundos de hedge Ray Dalio afirmou recentemente que o Bitcoin provavelmente seria proibido pelo governo dos EUA:

“Portanto, acho que seria muito provável que, em um determinado conjunto de circunstâncias, você o tornasse ilegal, da mesma forma que o ouro foi banido.”

Dalio citou a Índia como exemplo de país que planeja banir a criptomoeda.

Novogratz ainda não é cardanista

Hoskinson também revelou que ainda não conversou com Mike Novogratz, CEO do Galaxy Digital, durante sua sessão de perguntas de duas horas.

“Ainda não recebemos um telefonema, mas vamos. Estou feliz em falar com ele e falar sobre ADA (ou qualquer coisa em que ele esteja interessado).”

O chefe da IOHK também exortou a comunidade a não ter esperanças de que Novogratz pule no trem da ADA, alegando que ele está bebendo do “Ethereum Kool-Aid”:

“Talvez possamos convencê-lo de que a Cardano é um projeto real. Eu acho que ele provavelmente está bebendo do Ethereum Kool-Aid e pensando que nós somos uma farsa e eu sou um mentiroso patológico.”

Fonte: U.Today

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader aposentado. Segue firme como entusiasta do Bitcoin e inimigo declarado das pirâmides financeiras.