Coréia do Sul inicia testes para implantar a tecnologia Blockchain em sistema de votação online

A iniciativa também inclui big data, IoT e AI

De acordo com a ZDNet, o governo da Coréia do Sul está considerando utilizar o blockchain para implementar um sistema de votação online.

Aparentemente, tanto a Comissão Nacional de Eleições (NEC) quanto o Ministério da Ciência e ICT planejam testar a iniciativa de modo conjunto. O período experimental do projeto está previsto para dezembro de 2018, e será conduzido pela KISA (Agência Coreana de Internet e Segurança) em parceria com a Blockchain Society, da Universidade Nacional de Seul.

De acordo com relatos, a tecnologia auxiliará na “autenticação de eleitores e economia de resultados”.

“A votação será realizada por meio de dispositivos móveis e pessoais. os dados serão registrados em uma rede distribuída e todos os eleitores poderão ver os resultados à medida que a votação progride”

Após os testes, a NEC irá decidir sobre a utilização do sistema. Tecnologias como Internet das Coisas (IoT), inteligência artificial (AI) e big data também farão parte da atualização do sistema.

A Coréia do Sul não é o primeiro país a cogitar implementar a tecnologia no setor.

Recentemente o WeBitcoin noticiou que o estado americano da Virgínia Ocidental utilizou o blockchain para permitir o voto de militares e americanos que vivem no exterior.

FONTE: COINTELEGRAPH

Foto de Beatriz Orlandeli
Foto de Beatriz Orlandeli O autor:

Simpatizante das criptomoedas, após cursar Arquitetura e Urbanismo, reavivou um antigo gosto pela escrita e atualmente trabalha como redatora do WeBitcoin.

biaorlandeli