Disney Plus: saiba tudo sobre a concorrente da Netflix

Para desbancar a Netflix, Disney Plus promete oferecer conteúdo exclusivo com baixo custo de assinatura

É  melhor a Netflix abrir bem os olhos agora que a Disney está investindo pesado no mercado de streaming. O Disney Plus promete fazer frente à Netflix oferecendo conteúdos exclusivos de propriedade da empresa. Filmes/séries da Marvel. Star Wars, Pixar, dentre outros produtos Disney só estarão disponíveis dentro da plataforma de streaming da empresa. Também integrará a programação da Fox – todas as 30 temporadas de Os Simpsons estarão no Disney Plus.

O serviço de streaming Disney Plus será um concorrente de serviços de streaming de vídeo como Netflix, HBO Now e Apple TV Plus. É uma assinatura paga quee dá aos clientes acesso a uma vasta biblioteca de conteúdo da Disney e da Fox, bem como a novos programas de TV exclusivos, filmes, documentários e curtas-metragens.

A expectativa da gigante do entretenimento é grande e aparentemente o público está abraçando a iniciativa. Segundo a CNET o serviço não será lançado (nos Estados Unidos) em menos de dois meses, mas na segunda-feira (26 de agosto) a Disney abriu pré-encomendas on-line com desconto para o Disney Plus em caso de pagamento antecipado por uma assinatura de três anos. Isso despertou interesse suficiente para travar o site D23 da Disney, o ponto de entrada para acessar o serviço.

Ainda segundo a CNET, na Comic-Con, em julho, o presidente da Marvel Studios, Kevin Feige, detalhou como os programas do estúdio foram projetados para se tornar essenciais para os fãs da Marvel. Os personagens e narrativas do Universo Cinematográfico da Marvel serão unidos entre filmes e séries originais na plataforma.

Embora todos os filmes da Disney sejam exibidos exclusivamente no Disney Plus, a empresa não planeja estrear nenhum de seus filmes de grande orçamento no serviço, diferente da estratégia executada pela Netflix por anos. A Disney, contudo, planeja que todos as suas franquias, como Star Wars e Marvel, continuem nos cinemas antes de disponibilizá-los com uma assinatura digital.

Comparativo dos serviços

Disney Plus

  • Conteúdo exclusivo
  • Filmes/séries originais criados para a plataforma
  • U$ 7 por mês (plano mais barato)
  • Quatro dispositivos simultâneos em HD no plano básico
  • Download do conteúdo para assistir offline
  • Lançamento semanal
  • Até sete perfis de usuário
  • Acesso por meio de smarthphones, tablets, Smart TV, consoles de jogos
  • Disponibilidade: Lançamento no Brasil (e na América Latina) até fevereiro de 2021

Netflix

  • Conteúdo exclusivo
  • Filmes/séries originais criados para a plataforma
  • U$ 13 por mês (plano mais barato)
  • Dois dispositivos simultâneos em HD no plano básico
  • Download do conteúdo para assistir offline
  • Lançamento integral (todos os episódios disponíveis desde o primeiro dia
  • Até quatro perfis de usuário
  • Acesso por meio de smarthphones, tablets, Smart TV, consoles de jogos
  • Disponibilidade: Já disponível em todo o território nacional

D23 e lançamento

Antes do lançamento, a Disney está oferecendo um desconto para os membros do fã-clube D23 e para as pessoas que participam da conferência D23. Um “Círculo de Fundadores” oferece um preço de assinatura de três anos no total de U$ 140,97 ou o equivalente a U$ 3,92 por mês. A oferta dura até 2 de setembro e só está disponível (infelizmente) para pessoas residentes nos EUA.

O serviço deverá ser lançado primeiro nos Estados Unidos até o fim do ano. Posteriormente, em toda a Europa até outubro de 2020 e na América Latina no início de 2021.

Com a expectativa lá no alto, o que nos resta é esperar. É uma pena o fato de que o serviço ainda deve demorar um pouco para chegar no Brasil. O lançamento mundial da plataforma deve ocorrer até o fim de 2021.

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader aposentado. Segue firme como entusiasta do Bitcoin e inimigo declarado das pirâmides financeiras.