Elon Musk desiste de pagar US$ 44 bilhões pelo Twitter, veja o porquê

Elon Musk
Elon Musk desiste de comprar o Twitter – Imagem: Reuters

O principal motivo que Elon Musk não quer dar andamento na compra é devido as contas falsas e spans na plataforma, conforme revelado em sua carta ao conselho do Twitter

Em uma reviravolta inesperada, o CEO da Tesla, Elon Musk, anunciou sua intenção de encerrar o acordo de US$ 44 bilhões no Twitter por meio de uma carta enviada ao conselho da gigante da mídia social, conforme divulgado por Cointelegraph.

Em suma, o homem mais rico do mundo não está satisfeito com a falta de informações fornecidas pelo Twitter sobre spam e contas falsas. De acordo com a carta, endereçada ao diretor jurídico do Twitter, Vijaya Gadde, Musk está encerrando a fusão porque o Twitter “parece ter feito representações falsas e enganosas” que Musk usou como ponto de referência para sua decisão.

Elon Musk inicialmente concordou em comprar a plataforma de mídia social compatível com criptomoedas por US$ 54,20 por ação, ou cerca de US$ 44 bilhões, em dinheiro. A diretoria do Twitter ficou feliz com a decisão, votando por unanimidade a favor do acordo que a tornaria uma empresa privada mais uma vez.

No entanto, a carta apresentada à SEC argumentou que o Twitter não era muito claro sobre dois dados cruciais, o processo do Twitter para auditar a inclusão de spam e contas falsas em usuários ativos diários monetizáveis ​​(mDAU), bem como identificar e suspender essas contas. O gigante da mídia social foi sigiloso sobre as medidas diárias de mDAU nos últimos dois anos. A carta diz:

Em suma, o Twitter não fornece as informações solicitadas por Musk há quase dois meses, apesar de seus repetidos e detalhados esclarecimentos destinados a simplificar a identificação, coleta e divulgação do Twitter das informações mais relevantes solicitadas nas solicitações originais de Musk.

A carta então afirma que o Twitter está violando duas seções do acordo de fusão (Seções 6.4 e 6.11). A carta diz que a empresa de mídia social foi avisada de sua violação desde 6 de junho e “qualquer período de cura concedido ao Twitter sob o Acordo de Fusão já expirou.

No entanto, o conselho do Twitter definitivamente não está feliz com Elon Musk rescindindo o acordo e abandonando a transação. Em um tweet, o presidente do Twitter, Bret Taylor, disse que o conselho está tentando fechar a transação no preço acordado anteriormente e entrará com ação legal, se necessário. “Estamos confiantes de que prevaleceremos no Tribunal de Chancelaria de Delaware”, escreveu Taylor.

.

Foto de Washington Leite
Foto de Washington Leite O autor:

Formado em Administração de Empresas, sou entusiasta da tecnologia e fascinado pelo mundo das criptomoedas, me aventuro no mundo do trade, sendo um eterno aluno. Bitcoin: The money of the future

WashingtonLeite_