Exchange Bithumb é acusada de fraudar volume de negociações

A plataforma teria cometido “wash trading” para chegar à primeira posição no CoinMarketCap

A Bithumb, segunda maior exchange do mercado, recentemente foi acusada de fraudar o volume de negociações nos últimos meses

Aparentemente, o Crypto Exchange Ranks (CER), conhecido serviço de classificação de exchanges, publicou um relatório afirmando que a Bithumb pode ter cometido fraude para alcançar o primeiro lugar no ranking durante outubro e novembro deste ano.

De acordo com o relatório, o volume de negociações apresentados pela plataforma em setembro a colocaram na parte inferior das 10 principais no CoinMarketCap, com um volume diário em torno de US$350 milhões.

No início de outubro, o valor saltou para mais de US$1 bilhão, subindo para mais de US$4 bilhões em novembro, crescimento que posicionou a plataforma no topo dos gráficos.

A CER ainda declarou ter estudado as 10 moedas mais ativas da exchange em diferentes períodos de tempo, analisando dados históricos de negociações e calculando a correlação entre a volatilidade de preços e o volume de negócios para determinar a “correlação preço-volume” (PVC).

De acordo com a CER, o PVC caiu para um valor durante o mês de setembro considerado “influenciado por mecanismos de ‘não mercado”.

“Os resultados obtidos sugerem uma grande possibilidade de jogo sujo (…), já que quanto menor o valor do PVC, maior a probabilidade de manipulação”

O relatório também acusa a plataforma de inflar intencionalmente as transações de Bitcoin à partir do final de agosto.

Quando questionada sobre o caso, a plataforma alegou não apresentar nenhuma irregularidade.

FONTE: ETH NEWS

Foto de Beatriz Orlandeli
Foto de Beatriz Orlandeli O autor:

Simpatizante das criptomoedas, após cursar Arquitetura e Urbanismo, reavivou um antigo gosto pela escrita e atualmente trabalha como redatora do WeBitcoin.

biaorlandeli