Governo americano poderá introduzir o Blockchain em aeroportos para aprimorar a verificação de identidade

A tecnologia poderá identificar indivíduos que estão tentando admissão no país

De acordo com recentes relatórios, o governo americano pode estar considerando utilizar a tecnologia blockchain para melhorar as operações de segurança, clientes e controle de fronteira nos aeroportos.

Automação geral, trilhas de auditoria e confirmação de dados são aspectos do blockchain que podem vir à tona nos postos de controle dos aeroportos e fronteiras, e parece que as autoridades dos EUA estão finalmente percebendo isso.

Evidências disso surgiram no Summit de Empreendimentos da Tecnologia Blockchain em Viagens, que ocorreu recentemente em Nova York. Durante o evento, empresas aéreas e de viagem discutiram como a tecnologia pode atrapalhar ou melhorar o espaço de trabalho, incluindo a preocupação com a segurança em aeroportos e fronteiras.

Aparentemente ficou claro que o blockchain pode criar uma plataforma viável para a tecnologia biométrica, que é um dos métodos mais seguros para a verificação de identidade disponível atualmente.

“Uma área que nós observamos um sucesso significativo foi a comparação facial e os dados biométricos. Há um serviço que criamos para verificar quem é o indivíduo que embarca em uma aeronave que busca admissão nos Estados Unidos. Se pudéssemos ter mais dados para a verificação de outra parte do governo, isso seria ótimo para nós.”, disse Sikina Hasham, Gerente do Programa de Proteção de Fronteiras e Alfândega dos Estados Unidos.

Hashman afirmou ainda que o objetivo primário é a segurança, mas facilitar o comércio e as viagens também são metas a serem alcançadas.

“O blockchain é relativamente novo para nós, nós tentamos um pouco da tecnologia blockchain no ecossistema de negociações… no ecossistema de viagens, nós ainda estamos descobrindo como as partes interessadas da indústria no espaço da tecnologia irão nos ajudar a obter uma noção melhor  dos usos do blockchain, privacidade e informações descentralizadas são alguns dos desafios que nós como uma organização do governo temos a obrigação legal de proteger.”, acrescentou.

Com testes em andamento e outros já programados, pode não demorar muito para o surgimento de verificações baseadas em rastreamento biométrico nos aeroportos americanos, reforçados pela tecnologia blockchain, garantindo total segurança em casos de verificação de identidade.

FONTE: CRYPTO DAILY

Foto de Beatriz Orlandeli
Foto de Beatriz Orlandeli O autor:

Simpatizante das criptomoedas, após cursar Arquitetura e Urbanismo, reavivou um antigo gosto pela escrita e atualmente trabalha como redatora do WeBitcoin.

biaorlandeli