Interesse institucional por Bitcoin dobrou este ano na Binance

Bitcoin bem requisitado? O volume institucional de exchanges, como Binance e Huobi dobrou – e até quadruplicou em alguns casos – durante o primeiro trimestre de 2020

As entradas dos clientes institucionais e o volume de negócios na indústria de criptomoedas estão aumentando rapidamente em 2020, de acordo com Binance, Houbi e Chicago Mercantile Exchange (CME). Amplamente considerado um santo graal para os mercados cripto, o envolvimento institucional no Bitcoin tem demorado a chegar.

Contudo, três exchanges que compartilharam seus dados institucionais notaram um aumento significativo no engajamento, tanto no mercado local quanto no de derivativos.

Volumes de Bitcoin nos mercados spot mais que dobram

A Binance relatou um aumento drástico nos volumes de clientes institucionais em negociações spot (o contrato spot é um instrumento oposto ao contrato à prazo ou contrato futuro). Os volumes mais que dobraram no primeiro trimestre de 2020 – crescendo 113% em relação ao trimestre anterior.

A exchange também observou que as instituições estão se inscrevendo a uma taxa mais rápida. “O número de novos clientes institucionais integrados no primeiro trimestre de 2020 foi 47,4% superior ao do quarto trimestre de 2019”, disse um porta-voz da Binance.

Agora, a Binance afirma ter mais de 3.000 clientes institucionais em todo o quadro.

Da mesma forma, a Huobi está atraindo os maiores players, com o volume de negociações spot aumentando em 133,71% ano a ano. A partir do primeiro trimestre de 2020, a Huobi cita US$ 101,1 bilhões em volume institucional de negociação. Isso está em forte contraste com o volume médio trimestral de negociação em 2019, que ficou em US$ 43,2 bilhões, comparativamente diminutos.

Derivativos voando alto

No lado dos derivativos, a Binance informou que o volume de clientes institucionais aumentou, quadruplicando 217% em relação ao trimestre anterior.

Para a Huobi, o volume institucional de negociação no mercado de derivativos foi de US$ 343,8 bilhões no primeiro trimestre de 2020, aumentando 171,16% em comparação com o volume médio de negociação trimestral de US$ 126,7 bilhões em 2019.

A CME relatou números semelhantes, embora em uma extensão um pouco menor do que suas contrapartes de criptomoedas. A exchange – que negocia exclusivamente futuros e opções para uma maioria institucional – retransmitiu um aumento de 24% no volume médio diário de futuros de Bitcoin em maio de 2020, em comparação com o ano anterior.

The CME's average daily bitcoin futures volume Image CME

O volume médio diário médio de futuros de Bitcoin da CME. Imagem: CME

 

Além disso, de acordo com a CME, os volumes médios diários atingiram 8.716 contratos em maio (o equivalente a 44.000 Bitcoins) – um aumento de 50% em relação a abril.

Embora o aumento no interesse institucional possa reforçar a narrativa do Bitcoin como um hedge macro diante das turbulências econômicas deste ano, o motivo específico do aumento permanece incerto.

Fonte: Decrypt

Foto de Marcelo Roncate
Foto de Marcelo Roncate O autor:

Estudante de História e trader desde 2017. Aficionado por tecnologia e entusiasta das criptomoedas, viu no WeBitcoin a oportunidade de unir duas paixões.